Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections
Destaque

Nos Trilhos da Aldeia Mágica - A DRAVE

No dia 15 de julho, irá realizar-se a Caminhada "Nos Trilhos da Aldeia Mágica - A DRAVE", promovida pela Casa da Juventude da Póvoa de Varzim, no âmbito da temática de animação sociocultural e comunitária "Primavera na Casa". Pretende-se assinalar a chegada do equinócio da Primavera, com a realização de uma grande caminhada, que desafie os jovens a protagonizarem uma verdadeira experiência de ar livre e de vida em grupo, marcada pela aventura e pelo contacto com o património natural e cultural do GeoPark de Arouca. A saída e chegada será na Casa da Juventude, às 8h00 e 20h00, respetivamente. A deslocação até Arouca e regresso à Póvoa serão feitos num autocarro do Município. A caminhada, com cerca de 8 km, vai realizar-se pela serra de Arouca e S. Macário até à “DRAVE – A Aldeia Mágica”, com picnic e exploração fotográfica. No final, pretende-se expor na Casa da Juventude, olhares fotográficos e exploratórios dos jovens participantes, redefinindo a decoração dos espaços.

Agenda

Nos Trilhos da Aldeia Mágica - A DRAVE

DATA: 15 de julho
HORAS: 08h00 às 20h00

No dia 15 de julho, irá realizar-se a Caminhada "Nos Trilhos da Aldeia Mágica - A DRAVE", promovida pela Casa da Juventude da Póvoa de Varzim, no âmbito da temática de animação sociocultural e comunitária "Primavera na Casa". Pretende-se assinalar a chegada do equinócio da Primavera, com a realização de uma grande caminhada, que desafie os jovens a protagonizarem uma verdadeira experiência de ar livre e de vida em grupo, marcada pela aventura e pelo contacto com o património natural e cultural do GeoPark de Arouca. A saída e chegada será na Casa da Juventude, às 8h00 e 20h00, respetivamente. A deslocação até Arouca e regresso à Póvoa serão feitos num autocarro do Município. A caminhada, com cerca de 8 km, vai realizar-se pela serra de Arouca e S. Macário até à “DRAVE – A Aldeia Mágica”, com picnic e exploração fotográfica. No final, pretende-se expor na Casa da Juventude, olhares fotográficos e exploratórios dos jovens participantes, redefinindo a decoração dos espaços.