Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

Obra N.ª Sr.ª do Rosário de Fátima - Casa de Santa Maria da Estela

 

A Obra N.ª Sr.ª do Rosário de Fátima - Casa de Santa Maria da Estela é um LIJ Especializado em Atrasos de Desenvolvimento.

 

MISSÃO

Acolher Crianças / Jovens em situação de risco social, de forma a assegurar a sua proteção e bem- estar, promover o desenvolvimento biopsicossocial, a aquisição de normas e valores e a inserção ao nível social.

 

Visão

A CSME pretende ser um Lar de Infância e Juventude de referência a nível regional, reconhecida pela qualidade dos seus serviços, baseada no trabalho em equipa e numa gestão sustentável, orientada para a inclusão social.

 

Valores

Ética; Responsabilidade Social; Realização Pessoal; Disponibilidade; Dedicação; Inovação; Abertura à Comunidade; Sustentabilidade.

 

Descrição


O Início

A Obra de Nossa Senhora do Rosário de Fátima (ONSRF) surgiu da vontade de uma menina, que desde nova sentiu o desejo de seguir o caminho religioso, prestando auxílio a crianças de famílias desprotegidas, contrariamente à vontade da sua família. Enquanto estudava, a Irmã Áurea Soares reforçou a sua determinação, começando a participar em eventos religiosos e a organizar diversas atividades, como retiros, colónias de férias, movimentos, encontros com Jovens e reuniões em que os orientava para a vida. Tornou-se Professora de Artes e conheceu a Irmã Maria Luísa, professora de Biologia e com formação na área das Ciências da Educação, e a Irmã Maria Clara, Professora Primária, com quem partilhava o desejo de ajudar o outro e que desde logo se juntaram a si neste projeto, ao qual se juntou posteriormente a Irmã Rosa Teixeira, que era Catequista, e a Irmã Olinda Oliveira, em meados dos anos setenta. Com o passar do tempo, foram-se apercebendo de que as atividades em que envolviam as Crianças e Jovens não eram suficientes e era necessário criar outro tipo de respostas, face ao crescente surgimento de famílias socialmente carentes. Começaram então por angariar e fornecer bens essenciais a essas mesmas famílias e a cativar alguns mecenas que apadrinhassem a educação dos seus filhos, todavia, a solução ideal passou por acolher essas mesmas Crianças e Jovens. O acolhimento começou por se direcionar para rapazes, contudo, surgiu a necessidade de acolher também raparigas, tendo-se procedido ao alargamento das instalações do Bonfim, sempre por si custeado.

Em 1982 é fundada a ONSRF.

O Passado

A necessidade permanente de um espaço amplo e o desejo de se mudar para o meio rural, com o intuito de proporcionar às Crianças e Jovens, um espaço exterior, maior contato com a natureza e um ambiente mais familiar, levou as Irmãs a procurar um lugar que se enquadrasse dentro destes parâmetros. É nesta fase que surge a quinta, onde atualmente se localiza a Casa de Santa Maria da Estela (CSME), adquirida com bastante esforço pessoal e financeiro. Apesar de usufruírem de alguns fins-de-semana na casa com as Crianças e Jovens, a mudança oficial só ocorreu em 1985.

Em Abril de 2003 a sede da ONSRF é alterada para a Estela, constituindo-se como IPSS sem fins lucrativos, através da resposta social de Lar de Infância e Juventude (LIJ) , denominado CSME, proporcionando o acolhimento de Crianças e Jovens em risco.
Devido ao fraco estado de conservação das instalações, mas sobretudo para respeitar algumas exigências técnicas construtivas definidas para os LIJ, foi imprescindível realizar obras de remodelação. As obras deram início em 2008 e contou ainda com o apoio da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, do Lions Club da Póvoa de Varzim e de uma série de empresas e particulares que contribuíram com materiais e equipamentos.
A inauguração ocorreu apenas em Junho de 2012.
A CSME tem capacidade para acolher dez Crianças / Jovens e é constituída por um edifício principal de dois pisos com plataforma elevatória de cerca de 700 m2, anexos, 3000 m2 de quinta, que engloba uma área de jardim e uma área dedicada para a produção de produtos agrícolas e criação de animais.
Ao longo dos anos, a CSME já acolheu várias Crianças e Jovens que resultaram numa excelente integração social e profissional, destacando-se em termos profissionais, dois Médicos, dois Professores do Ensino Secundário, cinco Padres, um Gerente de Hotel, entre muitos outros que abraçaram profissões de técnicos especializados.


O Presente

A ONSRF procedeu a uma reformulação estratégica da atividade da CSME, focando-a no acolhimento de Crianças e Jovens que apresentem critérios de diagnóstico para Deficiência Mental Ligeira, Deficiência Mental Moderada e Atrasos Globais de Desenvolvimento, como a Perturbação do Espectro do Autismo, a Perturbação de Asperger, a Perturbação de Rett e a Perturbação Desintegrativa da Segunda Infância, constituindo-se assim como LIJ Especializado.

Este projeto integra uma Equipa Técnica especializada, composta por uma Educadora Social e uma Assistente Social, bem como um Psicólogo, uma Terapeuta da Fala e uma Terapeuta Ocupacional, que constituem ainda o corpo técnico do Serviço de Ambulatório, implementado para poder responder às necessidades do meio envolvente.
A CSME apresenta uma dinâmica de proximidade junto da comunidade e tem potenciado o estabelecimento de inúmeras parcerias com entidades, empresas e particulares.


O Futuro

A CSME tem perspetivada uma da obra de remodelação e ampliação com a construção de um novo espaço, com vista ao acolhimento de mais cinco Crianças e Jovens, bem como a reformulação e adaptação de alguns dos espaços.

 

Visite a Casa de Santa Maria da Estela nas redes sociais: https://www.facebook.com/casasantamaria.estela.