Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections
Destaque

A violência doméstica discutida no seminário “Plano de igualdade”

Póvoa de Varzim, 01.03.2013 - O Seminário “Plano de Igualdade”, organizado pela Junta de Freguesia de Aver-o-Mar, aconteceu na passada quarta-feira, no Hotel Axis Vermar.

Notícias

A violência doméstica discutida no seminário “Plano de igualdade”

Póvoa de Varzim, 01.03.2013

Póvoa de Varzim, 01.03.2013 - O Seminário “Plano de Igualdade”, organizado pela Junta de Freguesia de Aver-o-Mar, aconteceu na passada quarta-feira, no Hotel Axis Vermar.

Aquela Junta de Freguesia tem em curso uma estratégia para combater os casos de violência doméstica e que já deu os seus frutos, com a criação do Espaço Família, que tem como objetivo dar apoio às vítimas e encaminhar os agressores para a justiça ou eventuais tratamentos. A importância da implementação da tal estratégia, plasmada num Plano de Igualdade de Género, foi analisada num seminário sobre a igualdade de direitos entre homem e mulher, que decorreu numa unidade hoteleira local e que juntou profissionais de várias instituições.

 A violência doméstica esteve em destaque no debate levado a cabo no âmbito do IV Plano Nacional para a Igualdade, Género, Cidadania e não Discriminação, um instrumento de políticas públicas de promoção da igualdade enquadrado nos compromissos assumidos por Portugal nas várias instâncias internacionais e europeias, com destaque para a Organização das Nações Unidas, o Conselho da Europa e a União Europeia.

Andrea Silva, Vereadora do Pelouro da Ação Social, explicou que, a si, os casos de violência doméstica chegam, sobretudo, através da vertente da habitação que o seu Pelouro comporta. “Quando os nossos técnicos encontram casos de violência doméstica, bem como de toxicodependência, alcoolismo ou outros problemas, reencaminham imediatamente para as instituições indicadas”.

Lucinda Delgado, Vereadora do Pelouro do Desenvolvimento Sociocultural, participou neste Seminário representando a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Póvoa de Varzim, da qual é Presidente: “é necessário trabalharmos em equipa. As ideologias políticas não têm lugar quando se trata do bem-estar da nossa comunidade. Os nossos lugares não servem para projeções pessoais. Quando utilizamos os nossos cargos para exibicionismo, então está na altura de abandonar o trabalho. O bom líder é aquele que valoriza o trabalho da sua equipa, não aquele que abusa da sua instituição para qualquer tipo de ostentação pessoal. Se isso acontece, são as pessoas que precisam das instituições que vão ficar a perder”.