Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections
Destaque

Concurso de Dança Internacional distingue Academia Poveira

Póvoa de Varzim, 27.02.2013 - A Academia Artedança conquistou cinco prémios no Tanzolymp, assim se denomina o Concurso Internacional de Dança Contemporânea e Ballet Clássico realizado no passado fim de semana, em Berlim, pelo 10º ano consecutivo, e que conta em todas as edições com a participação de escolas privadas e profissionais de todo o mundo.

Notícias

Concurso de Dança Internacional distingue Academia Poveira

Póvoa de Varzim, 27.02.2013

Póvoa de Varzim, 27.02.2013 - A Academia Artedança conquistou cinco prémios no Tanzolymp, assim se denomina o Concurso Internacional de Dança Contemporânea e Ballet Clássico realizado no passado fim de semana, em Berlim, pelo 10º ano consecutivo, e que conta em todas as edições com a participação de escolas privadas e profissionais de todo o mundo.

A Academia da Póvoa de Varzim apresentou cinco coreografias e todas foram reconhecidas pelo júri deste Concurso, no qual 40 países estavam representados e perto de 600 coreografias foram apresentadas. A Artedança trouxe, então, quatro medalhas de prata e uma medalha de bronze. A representar Portugal estiveram apenas esta academia e a Escola de Dança do Conservatório Nacional. 

Cláudia Domingues, responsável pela Academia Artedança, explicou que as coreografias começaram a ser trabalhadas em setembro, “mesmo antes de termos a confirmação da nossa participação, que só nos chegou em dezembro”. Ao facto de se ter distinguido neste Concurso Internacional, a professora atribui a “dedicação e sacrifício de todas as alunas. As mais novas, com idades compreendidas entre os 9 e os 12 anos, treinam uma hora e meia, todos os dias úteis da semana. Quanto às mais velhas, treinam três horas por dia. Todos os seus tempos livres são passados a praticar e a dedicarem-se à dança”. Apesar de tantas horas passadas na Academia, os estudos não são nunca esquecidos e todas têm obtido bons resultados. Aliás, Cláudia Domingues imputa à concentração que a dança e o ballet exigem um dos motivos para as boas classificações na escola.

beatriz_mariana_raquel

Beatriz Domingues, Mariana Barbosa
e Raquel Azevedo


As doze meninas que viajaram até à Alemanha “aprendem dança contemporânea e ballet clássico desde os cinco anos de idade. Estes cinco prémios são a recompensa de tantos anos de trabalho e uma motivação para continuarem a dedicar-se à dança. Quando soubemos que tínhamos sido escolhidas para participar eu disse-lhes que isso já seria um prémio. Quando ouvimos o nome da nossa academia cinco vezes ficamos extremamente felizes”. Mariana Torres e Isabel Castro competiram a solo e alcançaram o 2º lugar. No entanto, este 2º lugar de Isabel Castro poderá induzir em erro. Na verdade, não foi atribuído nenhum 1º lugar e a jovem poveira foi, assim, a melhor do seu escalão em Dança Contemporânea. Mariana Barbosa classificou-se em 3º lugar, o grupo constituído por Beatriz Domingues, Mariana Barbosa e Raquel Azevedo trouxe a medalha de prata, bem como o grupo constituído por Mariana Torres, Bárbara Aguiar, Isabel Castro, Inês Baptista, Mariana Lima, Rita Ramos, Joana Milhazes, Margarida Figueiredo e Sofia Tomé.

Mariana Torres Mariana Barbosa
Isabel Castro

Mariana Torres                     Mariana Barbosa                 Isabel Castro


O próximo desafio será já no mês de março, no dia 20, no Concurso Dançarte, no Algarve.