Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

Programa do Correntes d’Escritas foi apresentado esta manhã

Póvoa de Varzim, 02.02.2012 - A 13ª edição do Correntes d’Escritas foi apresentada esta manhã pelo Vereador da Cultura, Luís Diamantino, quando faltam três semanas para o início do Encontro de Escritores de Expressão Ibérica, que se realiza de 23 a 25 de Fevereiro.

Notícias

Programa do Correntes d’Escritas foi apresentado esta manhã

Póvoa de Varzim, 02.02.2012

Póvoa de Varzim, 02.02.2012 - A 13ª edição do Correntes d’Escritas foi apresentada esta manhã pelo Vereador da Cultura, Luís Diamantino, quando faltam três semanas para o início do Encontro de Escritores de Expressão Ibérica, que se realiza de 23 a 25 de Fevereiro.

Volvida mais de uma década desde a 1ª edição, o autarca considera que “há um antes e um depois do Correntes d’Escritas em Portugal. Fomos pioneiros neste género de eventos culturais e muitos municípios seguiram o nosso exemplo. Para a Póvoa de Varzim esse é um motivo de grande orgulho”. Luís Diamantino sublinha que “o sucesso do Correntes d’Escritas vai para lá da vertente profissional. Sentimo-nos verdadeiramente acorrentados a estes dias de partilha pela amizade e pela cumplicidade criadas ao longo destes anos”. E é esta estima pelo Correntes d’Escritas – pelos escritores, pelos membros da organização e pelo público – que torna possível a realização de um evento desta dimensão. O envolvimento de um grupo de patrocinadores e parceiros é absolutamente essencial para que o maior evento literário do país continue a acontecer. “O município gastará €35.000 (trinta e cinco mil euros), valor apoiado em 50% pelo Instituto do Turismo de Portugal”. De resto, embaixadas, editoras, empresas e o Casino da Póvoa, cientes da conjuntura financeira actual, cooperam com a Câmara Municipal para realizar o Correntes d’Escritas e partilhar com o público os seus escritores. Foi o que aconteceu com a participação de Rubem Fonseca: “estamos muito satisfeitos com a vinda deste escritor brasileiro e sem o apoio da Porto Editora tal não seria possível”, explicou Luís Diamantino.

Mas, o Encontro de Escritores de Expressão Ibérica é mais, muito mais, do que números e orçamentos. Trata-se de 55 pessoas com histórias para contar, emoções a transmitir, gargalhadas a partilhar. E é isso que, de 23 a 25 de Fevereiro, poderá esperar.

Tudo começará com o anúncio dos vencedores dos quatro prémios literários, na Sessão de Abertura, dia 23, às 11h00, no Casino da Póvoa. Conhecer o escritor e a obra vencedora do Prémio Literário Casino da Póvoa, no valor de vinte mil euros, é um dos momentos mais esperados do Correntes d’Escritas. Da lista de mais de 200 livros, o júri, constituído por Ana Paula Tavares, Fernando Pinto do Amaral, José António Gomes, Patrícia Reis e Pedro Mexia, escolheu estes livros como finalistas: A Cidade de Ulisses, Teolinda Gersão, Sextante; As Luzes de Leonor, Maria Teresa Horta, Dom Quixote; Adoecer, Hélia Correia, Relógio D’Água; Bufo e Spallanzani, Rubem Fonseca, Sextante; Do Longe e do Perto - Quase Diário, Yvette Centeno, Sextante; Dublinesca, Enrique Vila-Matas, Teorema; O Homem que Gostava de Cães, Leonardo Padura, Porto Editora; Os Íntimos, Inês Pedrosa, Dom Quixote; Tiago Veiga – Uma Biografia, Mário Cláudio, Dom Quixote. Na Sessão de Abertura serão anunciados, também, o Prémio Correntes d’Escritas/Papelaria Locus, sobre o qual Luís Diamantino afirmou terem recebido “trabalhos de grande qualidade e houve dificuldade em escolher o vencedor”, o Prémio Correntes d’Escritas/Fundação Dr. Luís Rainha e o Prémio Conto Infantil Ilustrado Correntes d’Escritas/Porto Editora e lançada a Revista Correntes d’Escritas 11, totalmente dedicada a Eduardo Lourenço. Do Casino da Póvoa, o Encontro segue para o Auditório Municipal onde, às 15h00, D. Manuel Clemente irá proferir a Conferência de Abertura.

O ex-líbris do Correntes d’Escritas são as Mesas de Debate, quando centenas de pessoas, acomodadas nas cadeiras, nas escadas, no chão ou mesmo em pé, partilham emoções com os intervenientes.

Participar no Correntes d’Escritas é, também, estar a par das novidades literárias. Reconhecido como uma oportunidade para a apresentação de novidades no sector editorial e livreiro, o Encontro acolhe várias sessões de lançamentos de livros, quer na Casa da Juventude quer no Axis Vermar.

As sessões nas escolas locais e no Diana Bar, com estabelecimentos de outros concelhos, são aguardadas pelos alunos com muita expectativa. Juntamente com os professores, preparam estas sessões e participam com entusiasmo.

A Biblioteca Municipal irá acolher a exposição “Aproximações”, fotografias de Jorge Barros. A inauguração está marcada para dia 23 de Fevereiro, pelas 19h30, e manter-se-á patente até 21 de Março. Textos de Fernando Dacosta, Onésimo Teotónio Almeida, Victor Rui Dores, Armando Silva Carvalho, Vasco Pereira da Costa, Manuel Vilas Boas, Jaime Rocha, Maria Eduarda Rosa, Hélia Correia, Norberto Ávila, Álamo Oliveira, Levi Condinho, Alice Vieira acompanham as fotografias de aproximações de paisagens, momentos, imagens de recantos, entre o continente e as ilhas dos Açores.

Na mesma altura será feito o lançamento do álbum de fotografias do mesmo fotógrafo, As Ilhas Desconhecidas – notas e paisagens, com ou a partir de textos de Raul Brandão. A sessão de abertura da exposição contará com um momento de cantares alentejanos e açorianos – mais um momento de aproximação entre os dois espaços geográficos, o Alentejo e os Açores – protagonizado pelo grupo “À Capella”.

À semelhança do que aconteceu nas edições anteriores, a Cerimónia de divulgação dos vencedores da 4ª edição dos Prémios de Edição LER/ Booktailors 2011 estará integrada no Correntes d’Escritas. Assim, no dia 25 de Fevereiro, às 18h30, serão anunciados, no Auditório Municipal, os vencedores dos mais importantes prémios do sector editorial português. Estes serão os prémios atribuídos: Prémio Edição (Carreira); Prémio Designer/Artes Gráficas; Prémio Editora Revelação; Prémio Editora do Ano; Prémio Tradutor; Prémio Livreiro; Prémio Livraria Independente; Prémio Jornalista ou Crítico Literário; Prémio Blogosfera e Internet de Edição; Prémio Campanha de Divulgação de Autor Português. Aqui poderá consultar os finalistas.

Faltam 21 dias para a festa começar. Está tudo preparado para o receber. Não falte.