Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

Risco de Incêndio Florestal

O índice de risco de incêndio florestal - RCM, disponibilizado diariamente pelo IPMA resulta da combinação de dois índices: o índice meteorológico de perigo de incêndio florestal, FWI e o índice de risco conjuntural.

Índice meteorológico de perigo de incêndio florestal - FWI

O índice meteorológico de perigo de incêndio - FWI (Fire Weather Index) é utilizado por vários países do mundo, em particular na Europa. Através da utilização deste índice é possível estimar o perigo de incêndio a partir do estado dos diversos combustíveis presentes no solo florestal, sendo esse determinado indiretamente através das observações de elementos meteorológicos.

Este índice tem sido calculado diariamente no IPMA (Ex-IM) desde 2002, e utiliza os parâmetros meteorológicos observados às 12 UTC - temperatura, humidade relativa, intensidade do vento e precipitação acumulada nas últimas 24 horas (12 às 12 UTC), em 85 estações meteorológicas – para cálculo do índice observado.

O índice FWI, calculado pontualmente em cada uma das estações meteorológicas, é interpolado para uma grelha de 1 km de resolução para o território de Portugal Continental e integrada com o risco conjuntural - fornecido pelo ICNF (ex-AFN).

Da combinação destes dois índices resulta o índice de risco de incêndio florestal (meteorológico e conjuntural) - RCM, o qual apresenta cinco classes de risco:

1. Reduzido

2. Moderado

3. Elevado

4. Muito elevado

5. Máximo

O Risco de Incêndio Florestal condiciona o acesso ao espaço florestal e a utilização do uso do fogo fora do designado "Período Crítico."

O Risco de Incêndio Florestal calculado pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), pode ser consultado aqui.