Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

Duas noitadas com o objetivo de atrair mais visitantes

De 25 de junho a 5 de julho, a Póvoa de Varzim celebra as Festas de São Pedro. O programa das Festas da Cidade foi apresentado esta manhã, 26 de maio, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, por Luís Diamantino, Vice-Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim.

Notícias

Duas noitadas com o objetivo de atrair mais visitantes

Póvoa de Varzim, 26.05.2015

De 25 de junho a 5 de julho, a Póvoa de Varzim celebra as Festas de São Pedro. O programa das Festas da Cidade foi apresentado esta manhã, 26 de maio, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, por Luís Diamantino, Vice-Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim.

Acompanhado pelos representantes de cada um dos bairros da cidade (Belém, Matriz, Mariadeira, Norte, Regufe e Sul), do Rancho Poveiro e da Junta de Freguesia, Luís Diamantino transmitiu que “o São Pedro 2015 vai ter mais dias, mais festa, vamos tentar trazer mais gente à Póvoa de Varzim, que é isso que pretendemos com o aumento dos dias”.

O Vice-Presidente revelou que “vamos ter a Noitada, de 28 para 29 de junho, de domingo para segunda, e, no dia 29, a Missa e Procissão de S. Pedro, como habitualmente, e no sábado seguinte, de 4 para 5 de julho, vamos ter mais uma noitada, e esta é a grande novidade”.

Sobre a decisão de haver outra noitada, ao fim-de-semana, Luís Diamantino afirmou que foi tomada juntamente com os diferentes bairros por todos acharem que “seria interessante”, sendo que “ao fim-de-semana é mais fácil as pessoas virem até à Póvoa de Varzim” porque “fora do Município as pessoas trabalham”.

Em relação ao que está previsto para esta “segunda noitada”, o Vereador esclareceu que tem “características muito especiais”, ou seja, “cada rusga fica no seu bairro a fazer a animação. Isto vai responder à necessidade que havia das pessoas de cada bairro vissem as suas próprias rusgas a atuar, desde os mais pequeninos aos mais velhos, o que não acontecia”. Para além disso, reforçou “pretende-se trazer mais gente de fora da nossa cidade, mais turistas, o que vai ajudar o setor da restauração e hotelaria", acrescentando que “isto é muito importante para projetar a Póvoa fora das suas fronteiras”.

Revelou ainda que na noitada de 4 para 5 de julho, haverá “fogo-de-artifício em todos os bairros”, ou seja, “será projetado fogo-de artifício durante 4 a 5 minutos com as cores de cada bairro. À meia-noite, teremos toda a cidade iluminada com as diferentes cores”. O autarca considera que “este será um espetáculo extra que irá atrair gente à Póvoa de Varzim”.

Sobre a programação deste ano, disse que “no dia 3 de julho, sexta-feira, à noite, teremos o Desfile das Rusgas, e no dia 5, domingo, para além do Grande Prémio S. Pedro, vamos ter, a encerrar com chave de ouro, o Espetáculo das Rusgas, no Estádio do Varzim. Este espetáculo também contará com uma pequena alteração e vamos ver se resulta: a primeira a atuar será a Rusga da Póvoa para dar este sentido de coesão que queremos transportar da cidade, da comunidade e de todos os bairros que estão unidos para que as festas sejam as melhores possíveis. Haverá ainda uma alternância nas atuações, intercalando os bairros da Matriz, Norte e Sul com os restantes, e a meio do espetáculo teremos a Rusga do Mapadi”.

Sobre esta alteração, Luís Diamantino explicou que “é também uma forma de ver se conseguimos fazer com aquela moldura humana se mantenha e não haja quebras para que o espetáculo tenha uma certa continuidade. Todos os bairros concordaram que assim fosse”, transmitiu.

Quanto ao orçamento do Município para as Festas, Luís Diamantino destacou o facto de “o investimento ser pouco em relação àquilo que nós queremos e vamos conseguir”, acrescentando que “o investimento que temos feito não é só nas festas, mas também nas pessoas, nas associações de bairro e elas têm correspondido inteiramente a tudo isto”.

O Vice-Presidente agradeceu a todas as associações, que considera serem “a razão de existirem as Festas. São eles que as fazem. É graças à sua entrega e dedicação que tudo acontece”.

Sobre as ações promocionais das Festas de São Pedro que em breve se irão iniciar pelo país, o autarca revelou que já iniciou contactos com as Câmaras de Santo Tirso e da Trofa para o efeito. Para além disso, explicou que “como há uma ligação muito forte das praias da Póvoa a Trás-os-Montes, vamos tentar alargar esta digressão até Chaves, convidando-os a participar nas Festas de São Pedro”.

O programa completo das Festas de São Pedro 2015 já está disponível para consulta.