Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

Lancha Poveira promove proximidade entre a nossa cidade e A Guarda

No âmbito das comemorações dos 25 anos de atividade da Lancha Poveira “Fé em Deus”, a tripulação navegou até A Guarda (Galiza) no passado sábado, 15 de julho, regressando no domingo, dia 16.

Notícias

Lancha Poveira promove proximidade entre a nossa cidade e A Guarda

Póvoa de Varzim, 20.07.2017

No âmbito das comemorações dos 25 anos de atividade da Lancha Poveira “Fé em Deus”, a tripulação navegou até A Guarda (Galiza) no passado sábado, 15 de julho, regressando no domingo, dia 16.

O Vice-Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim esteve presente na chegada da Lancha a A Guarda, onde foi recebido pelo Alcaide e pela Conselheira do Turismo.

O autarca disse que recordaram a primeira viagem da Fé em Deus à Galiza, pouco depois de ter sido construída, há 25 anos, assinalando os vínculos históricos que ligam a comunidade piscatória poveira à de A Guarda, expressas, nomeadamente, nas siglas poveiras gravadas na capela do monte de Santa Tecla.

Luís Diamantino revelou que fez o convite ao Alcaide e à Conselheira do Turismo para que viesse à Póvoa de Varzim nas Festas de São Pedro porque “entendemos que temos que reatar os laços de amizade que sempre existiram entre os poveiros e os habitantes de A Guarda”.

Neste sentido, o Vice-Presidente transmitiu que “é uma forma de abrirmos esta estrada marítima”, acrescentando tratar-se de um município que também faz parte dos Caminhos de Santigo. Portanto, “temos aqui muitos pontos comuns que podemos vitalizar”.

Assim sendo, ficou já acordado que A Guarda será uma das cidades onde o Município poveiro irá promover as Festas de São Pedro através das ações promocionais que realiza. Por seu lado, o Município espanhol também virá à Póvoa de Varzim divulgar as suas festas.

O edil concluiu que “será uma cidade com a qual devemos manter estes laços de amizade e talvez aprofundar numa perspetiva de criar uma geminação que seria muito interessante. A cidade está muito próxima de nós, a uma hora de automóvel e a seis de Lancha Poveira”, constatou.