Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

Oito sonhos materializados no concelho

O dia 28 de junho de 2015 foi um dia muito feliz para a Póvoa de Varzim. Terroso, Beiriz, Argivai, Estela, Navais, Amorim, Rates e o MAPADI contam, desde domingo, com relvados sintéticos. O Secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro, inaugurou os relvados de seis freguesias do nosso concelho durante toda a manhã.

Notícias

Oito sonhos materializados no concelho

Póvoa de Varzim, 30.06.2015

O dia 28 de junho de 2015 foi um dia muito feliz para a Póvoa de Varzim. Terroso, Beiriz, Argivai, Estela, Navais, Amorim, Rates e o MAPADI contam, desde domingo, com relvados sintéticos. O Secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro, inaugurou os relvados de seis freguesias do nosso concelho durante toda a manhã.

Terroso, Beiriz, Argivai, Estela, Navais e Amorim foram as freguesias contempladas pelos contratos de financiamento no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte (ON.2) referentes à concessão de comparticipação financeira FEDER destinada aos projetos de Colocação de Relva Sintética.

O Presidente da Câmara Municipal explicou que todos os espaços desportivos beneficiaram de outras intervenções para além da colocação de relva sintética: “um conjunto de obras acessórias que foram necessárias ser feitas para dar condições aos balneários, às infraestruturas envolventes, digamos que foi praticamente um ano. Mas conseguimos concretizar todos os nossos melhores objetivos. Quando o interfreguesias de futebol reiniciar os trabalhos na nova época, este ano, as condições para a prática estão completamente alteradas devido a este conjunto de investimentos que ultrapassou os dois milhões de euros, um montante significativo e, descentralizado, pois são todos em freguesias do concelho e não na cidade. Portanto, estamos no bom caminho para renovar todo o nosso parque desportivo”.

Em relação aos próximos investimentos nesta área, Aires Pereira esclareceu que “temos a questão de Aver-o-Mar, com a mudança de localização do campo, e encontrar soluções para Balasar e Rates porque os locais onde estão os campos não têm condições para receber relvados artificiais”.

O edil reconheceu que “não podia estar mais satisfeito, em véspera de São Pedro, com estas inaugurações”.

Igualmente satisfeito estava Emídio Guerreiro transmitindo a “felicidade” que sentia “ao verificar, ao vivo, a boa oportunidade das minhas decisões”.

O Secretário de Estado revelou que desde 2007, era impossível fazer este tipo de investimentos. Foi então que, quando tomou posse, em abril de 2013, propôs a utilização das verbas do Quadro Comunitário de Apoio para corrigir assimetrias e satisfazer necessidades de jovens atletas, realizar as obras necessárias para melhorar as condições de equipamentos já existentes. Neste sentido, revelou que, só no Norte foi possível concretizar mais de 70 investimentos, graças ao trabalho em rede e às parcerias que são estabelecidas entre o Governo, Autarquias, Juntas de Freguesia e Associações. Só assim é possível “criar soluções e resolver problemas”, transmitiu Emídio Guerreiro, lembrando que “tudo isto acontece numa altura em que supostamente nada acontece no nosso país. Mas, felizmente, há pessoas que se unem e acreditam que é possível trabalharmos ao lado uns dos outros”.

Sobre o facto da Póvoa de Varzim ter sido o concelho com o maior número de projetos aprovados no âmbito deste Programa, o Secretário de Estado reconheceu que se deve à capacidade de concretização do Município: “a Póvoa de Varzim teve seis campos porque foi capaz de sonhar e transformar o sonho em realidade”.

Por sua vez, Aires Pereira agradeceu ao Secretário de Estado por ter acreditado na capacidade de execução da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim.

Aos dirigentes e atletas de todas as associações, os responsáveis políticos nacional e local deixaram a mensagem: Usem e abusem das excelentes condições que têm, sem se esquecerem de as conservar.

"Hoje recebi a prenda que jamais sonhei"

À tarde, mais dois campos sintéticos foram inaugurados, em S. Pedro de Rates e no MAPADI (Movimento de Apoio aos Pais e Amigos do Diminuído Intelectual). Mas, desta feita, as obras foram realizadas apenas com o orçamento do município, uma vez que a comparticipação ainda está por aprovar no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte (ON.2), referentes à concessão de comparticipação financeira FEDER destinada aos projetos de Colocação de Relva Sintética.

Na vila poveira, Aires Pereira explicou que “foi decidido avançar com esta obra apesar de ainda não sabermos se será comparticipada porque assim nos fazia sentido. Este ringue está agora disponível para todos poderem praticar desporto com melhores condições”. O autarca sublinhou, ainda, que Rates está a percorrer o caminho do desenvolvimento e da modernidade e que, para isso, um conjunto de melhorias estão a ser projetadas e realizadas, tal como o alargamento do cemitério, a Casa Mortuária, a mudança do campo de futebol para um novo espaço, a ligação rodoviária a Arcos, a repavimentação de um troço da Rua da Escola Nova, instalação de rede de água e saneamento e respetiva pavimentação na Rua do Calvário, entre outras. Tudo para que, “daqui a dois anos possamos estar todos satisfeitos e com a sensação de dever cumprido”.

No MAPADI, no final de uma longa jornada, Aires Pereira confessou que “há muitos projetos no concelho que me dão imenso prazer apoiar e participar, mas este é especial. O MAPADI é sinónimo de inclusão e sustentabilidade e, ao longo dos últimos anos, tem criado um conjunto de infraestruturas que permitem a inclusão das crianças, jovens, homens e mulheres adultos utentes desta instituição. Mais do que a rentabilidade financeira é importante a rentabilidade emocional e aqui todos se sentem úteis e acarinhados. Não nos podemos esquecer que muitos utentes estão aqui há 20 anos e que já não têm pais. Por isso, o MAPADI é a casa e a família que os acompanha”.

O Presidente da Câmara Municipal lembrou os projetos que estão em curso no MAPADI, nomeadamente a abertura de um serviço de lavagem de carros.

Aires Pereira deixou um cumprimento especial a Bruno Alves, jogador de futebol poveiro, que aceitou o convite do MAPADI para ser o padrinho do novo campo. Esta não é a primeira vez que o atleta apoia a instituição poveira. Há alguns anos que o MAPADI pode contar com a presença de Bruno Alves nas suas iniciativas. “O Bruno não esquece a Póvoa de Varzim e sabemos que podemos contar sempre com ele”, disse o autarca. Foi Bruno Alves que deu o pontapé de saída para o jogo que se desenrolou no novo campo. “Um prenúncio de sorte”, afirmou Aires Pereira.

“Ontem fiz anos, mas recebi a minha melhor prenda hoje. A vida de um autarca pode ser difícil e cansativa, mas tudo é recompensado quando vemos os sorrisos dos poveiros. Gosto do que faço, faço com intensidade e amor mas, sobretudo, faço porque os poveiros retribuem em mais do dobro”.

Veja a fotogaleria.