Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

Qualidade de Ouro atribuída a 8 praias

A Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza atribuiu a 8 praias da Póvoa de Varzim a designação de "Praia com Qualidade de Ouro".

Notícias

Qualidade de Ouro atribuída a 8 praias

Póvoa de Varzim, 20.05.2016

A Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza atribuiu a 8 praias da Póvoa de Varzim a designação de "Praia com Qualidade de Ouro".

Paimó, Quião, Codixeira, Estela-Barranha, Fragosa, Zona Urbana Norte, Zona Urbana Sul I e Zona Urbana Sul II são as praias do concelho da Póvoa de Varzim que poderão ostentar o galardão da qualidade ouro, atribuído anualmente pela organização ambientalista às praias com melhor qualidade da água.

As 8 praias, que se situam nas freguesias poveiras da Estela, Aguçadoura, Aver-o-Mar e na cidade da Póvoa de Varzim, estão integradas nas 382 zonas balneares em 100 municípios, entre território continental e insular, com qualidade ouro indicadas pela Quercus. A Póvoa de Varzim tem o privilégio de ser um destes concelhos distinguidos pela qualidade e excelência das suas praias.

Para receber a classificação de Praia com Qualidade de Ouro, a água balnear tem de respeitar dois critérios essenciais. O primeiro, é ter qualidade da água classificada “Excelente” nas cinco últimas épocas balneares de 2011 a 2015; o segundo é ter todas as análises realizadas, sem exceção, na última época balnear (de 2015) deverão ter apresentado resultados melhores que os valores definidos para o percentil 95 do anexo I da Diretiva relativa às águas balneares.

O município da Póvoa de Varzim tem feito nos últimos anos um trabalho de requalificação da zona costeira e da sua oferta balnear, apostando acima de tudo na qualidade da água, do areal e de toda a área envolvente e de apoio aos frequentadores.

“Póvoa de Varzim – Esta é a Minha Praia!” é o lema publicitado pela autarquia na promoção da sua zona balnear, com o objetivo de atrair cada vez mais visitantes de forma a impulsionar a atividade turística.

Esta avaliação efetuada pela Quercus é mais limitada em comparação com os múltiplos critérios para atribuição da Bandeira Azul, ao basear-se apenas na qualidade da água das praias, apesar de ser mais exigente neste aspeto em específico, para além de incluir todas as águas balneares, não envolvendo qualquer processo de candidatura.

O objetivo da Quercus é realçar as praias que ao longo de vários anos (cinco, neste caso), apresentam sistematicamente uma água balnear de boa qualidade ou qualidade excelente (tendo em conta a classificação da legislação em vigor), e que, nesse sentido, oferecem assim uma maior fiabilidade no que respeita à qualidade da água. 

Ficam de fora desta lista as águas balneares cuja classificação abranja menos de cinco anos e aquelas que só mais recentemente viram resolvidos os seus problemas de poluição ou onde se tenha verificado na última época balnear uma qualquer análise de qualidade inferior à estabelecida como mínimo pela Quercus.