Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

Raúl da Costa atuou no Garrett

Mais de três centenas de pessoas assistiram, no passado sábado à noite, a um Recital Festivo com Raúl da Costa, no Cine-Teatro Garrett.

Notícias

Raúl da Costa atuou no Garrett

Póvoa de Varzim, 29.12.2014

Mais de três centenas de pessoas assistiram, no passado sábado à noite, a um Recital Festivo com Raúl da Costa, no Cine-Teatro Garrett.

O talentoso pianista poveiro apresentou obras de Franz Shubert num espetáculo único.

Veja algumas imagens deste recital.

Raúl da Costa:

Nasceu na Póvoa de Varzim em 1993, onde iniciou os seus estudos musicais aos 7 anos de idade com Luis Amaro de Oliveira e Emília Coelho, ingressando, posteriormente, na Academia de Música S. Pio X em Vila do Conde onde estudou com Álvaro Teixeira Lopes. Desde muito novo é presença recorrente em palcos de renome nacional, com destaque para os recitais a solo as salas mais emblemáticas do país, como no Theatro Circo de Braga, Teatro do Campo Alegre, Coliseu do Porto, Teatro Municipal Rivoli, Casa da Música, Palácio da Bolsa no Porto, Palácio Nacional da Ajuda em Lisboa, Centro Cultural de Belém, Teatro TEMPO em Portimão, Jardins de Inverno do Teatro São Luiz, entre muitos outros. É também de salientar o sucesso obtido em diversos festivais internacionais de música, como no Festival de Música de Saint Pére de Rodes, Espanha, Dias da Música em Lisboa, Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim, Madeira Liszt Festival, Festival das Artes em Coimbra, entre muitos outros palcos por toda a Alemanha, França, Polónia, ou Inglaterra. Aos 12 anos de idade fez a sua estreia com orquestra na Casa da Música, interpretando o Concerto de Carlos Seixas. Em 2010, abriu o Ciclo de Piano da Casa da Música, num concerto em que fez a estreia mundial de uma “Música Festiva” de Fernando Lopes-Graça, “ Para as Bodas de Ivo Machado”. Foi distinguido também por quatro vezes com “A Melhor Interpretação de obra portuguesa”, nomeadamente de Luiz Costa, Amílcar Vasques Dias, António Victorino d’Almeida e Eduardo Patriarca, de quem também estreou a obra “Auat 1, para os 18 anos de Raúl da Costa”. Com um repertório completo de Bach a Zimmerman, a música de câmara sempre ocupou um lugar importante, nomeadamente as colaborações com Aleksey Shadrin, Bruno Monsaingeon ou Raquel Camarinha. Como solista, salientam-se as colaborações com os dirigentes Javier Viceiro, Theodore Kuchar e Joseph Swensen, a par de orquestras como a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, ou a Orquestra Filarmónica Janacek (antiga Orquestra da Rádio Checa). É detentor de 1os prémios em diversos concursos nacionais e internacionais, destacando- se o Concurso Internacional de Piano em San Sebastian, o Concurso Scriabin em Paris, o Concurso Santa Cecília no Porto e no Concurso Young Pianist of the North em Newcastle, Inglaterra, onde ao 1º prémio lhe foi atribuído o título “Young Pianist of the North”. Já com apenas dezasseis anos, foi premiado no 1o Concurso da União Europeia, em Praga, onde foi representar Portugal. Trabalhou com mestres como Dmitri Bashkirov, Karl-Heinz Kämmerling, Galina Eguiazarova, Tatiana Zelikman, Lev Natochenny, Bernd Goetzke, Roger Muraro, Boris Berezovsky, Maria João Pires, Miguel Borges Coelho e Álvaro Teixeira Lopes. Por sua vez, Raúl da Costa já orientou masterclasses de piano em Portugal, nomeadamente em Guarda e Chaves. É bolseiro da Yamaha Musical Foundation of Europe, e da Yehudi Menuhin Live Music Now Foundation.

Em 2011 iniciou os seus estudos na Hochschule für Musik, Theater und Medien, em Hannover, na classe do reconhecido professor e pedagogo Karl-Heinz Kämmerling, com quem permaneceu até ao final dos seus dias, tendo sido um dos seus últimos e mais próximos alunos. Raúl também fez parte do corpo docente desta prestigiada universidade, e atualmente integra a classe de piano do professor Bernd Goetzke.