Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

Varzim SC comemorou 101 anos de vida

O Varzim Sport Club comemorou 101 anos de vida reunindo os sócios mais antigos, os patrocinadores e as personalidades que, ao longo das últimas décadas, apoiaram um dos emblemas mais representativos da cidade.

Notícias

Varzim SC comemorou 101 anos de vida

Póvoa de Varzim, 21.04.2017

O Varzim Sport Club comemorou 101 anos de vida reunindo os sócios mais antigos, os patrocinadores e as personalidades que, ao longo das últimas décadas, apoiaram um dos emblemas mais representativos da cidade.

Os adeptos reuniram-se para um jantar no Casino durante o qual foi entregue o Galardão Lobo do Mar ao capitão da equipa sénior, Nelsinho, e homenageadas seis das adeptas mais fervorosas do clube. Além de acompanharem a equipa em todos os jogos, em casa ou fora, estas seis mulheres trabalham nas iniciativas que o Varzim promove ao longo do ano desportivo.

Nesta festa de aniversário foram, ainda, entregues 20 Emblemas de Prata e 6 Emblemas de Ouro aos sócios que completaram, respetivamente, 25 e 50 anos de filiação. O Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Aires Pereira, sócio número 1480, recebeu o seu Emblema de Prata e, já na qualidade de autarca, dirigiu-se aos adeptos. “No dia 11 de abril recebi a notícia que o Varzim tinha sido absolvido do pagamento de mais de 20 milhões de euros a duas empresas de construção civil”.

Em causa estava um negócio alinhavado em 2006, no qual o clube iria vender os terrenos do atual estádio a um consórcio de empresas que, além de uma compensação financeira, iriam também construir um novo estádio para o Varzim no Parque da Cidade. O negócio acabou por não ser concretizado e, apesar de ter recebido algumas contrapartidas financeiras, o Varzim nunca viu o seu novo estádio ser construído. Passados dez anos, as empresas Famenco e Hagen avançaram com um processo judicial considerando que foi o Varzim que não honrou o compromisso e reclamando créditos de vários milhões de euros. O tribunal deu razão ao pedido que o clube formulou, considerando perdidas a favor do Varzim as quantias entregues pelas empresas no âmbito do contrato-promessa.

Esta quezília era uma das grandes preocupações de Aires Pereira cujo intuito, desde a primeira hora, é saldar todas as dívidas do clube – com empresas, fornecedores, jogadores e funcionários – e, somente depois, pensar numa possível subida à I Liga. Desonestidade e desconfiança são duas palavras que o Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim não quer que sejam associadas ao clube da cidade. Por isso, honrar os compromissos é a prioridade.

A formação é, igualmente, outra bandeira do clube e que o autarca defende acerrimamente: “a aposta nas crianças e nos jovens é essencial para o crescimento do Varzim e crucial para o seu sucesso”.

Aires Pereira fez questão de elogiar publicamente o trabalho desenvolvido pelo Presidente da Mesa da Assembleia Geral, João Mariz.  

Em representação da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), o seu Vice-Presidente, Hermínio Loureiro, considera Aires Pereira o melhor Presidente de Câmara do país. Também ele um ex-autarca (Presidente de Oliveira de Azeméis entre 2009 e 2016), Hermínio Loureiro afirmou conhecer bem as dificuldades do cargo e, ao mesmo tempo, a sua enorme importância na vida quotidiana das pessoas. O apoio ao desporto e ao futebol em particular é um dos motivos que leva o Vice-Presidente da FPF a confirmar Aires Pereira como um excelente autarca: “o que seria da nossa juventude sem as ferramentas que o desporto transmite? E o que seria do desporto na Póvoa se não fosse o apoio da Câmara Municipal? Há uma aposta clara na formação desportiva e de caráter das crianças, dos jovens, dos adultos e, inclusivamente, da terceira idade”.   

Veja a fotogaleria