O Vice-Presidente da Câmara Municipal, Luís Diamantino, marcou presença no evento e agradeceu à Fundação pela parceria que tem com o Município e reconheceu que este Prémio do Correntes d’Escritas não podia ter mais êxito, uma vez que promove e divulga a Póvoa de Varzim, as suas tradições e as suas gentes.

Além de um prémio monetário de 2.000,00 €, o Prémio destinado a trabalhos sobre a Póvoa de Varzim, prevê a edição do livro premiado – sem qualquer pagamento a título de direitos de autor – pela Fundação Dr. Luís Rainha, que providenciará também o seu lançamento em data que entender oportuna. A Fundação oferecerá 100 livros ao premiado.

Já está disponível o Regulamento do Prémio Literário Fundação Dr. Luís Rainha para a 26.ª edição do Correntes d’Escritas, sendo que os interessados devem enviar os trabalhos até 31 de dezembro de 2024.