Este
documento, segundo o vereador do Pelouro do Desporto, vem pôr em prática o
interesse da autarquia em promover a modalidade no concelho. “Mais do que
incentivar a parte competitiva, o que mais importa é o convívio que tem vindo a
ser gerado entre os quatro mil atletas que integram o que, vulgarmente,
designamos de Campeonato Inter-freguesias”, explicou Aires Pereira.

O presidente da
Associação de Futebol Popular, concordou que a confraternização entre os
atletas e o incentivo à prática desportiva é o factor mais relevante deste
protocolo. António Pereira disse, ainda, que, pelo futebol, o concelho ficou
mais unido, já que “os atletas, treinadores, técnicos e familiares de Rates,
por exemplo, conhecem bem Balasar, Navais e Laundos. O mesmo acontece com as
outras freguesias”.

A Câmara Municipal
tem desenvolvido vários protocolos com associações desportivas com o objectivo
de desenvolver o desporto, o lazer e a ocupação de tempos livres da população.
A dotação a esta associação de meios e recursos que viabilizem a sua actividade
permite a concretização de iniciativas e projectos comunitários que tem todo o
interesse para os munícipes.