Passar para o conteúdo principal

Póvoa de Varzim, 06.12.2012 - A 5 de dezembro celebra-se o Dia Internacional do Voluntariado. Assim sendo, a Bolsa Concelhia de Voluntariado da Póvoa de Varzim assinalou a data dando conta da atividade desenvolvida nos últimos anos.

No que concerne aos principais marcos da atividade da BCVPV no presente ano 2012, destaca-se: a renovação e atualização de todo o espaço online Voluntário no portal da autarquia; a inclusão no espaço online Voluntário de área de parceiros/promotores e formulário online de proposta de adesão; a formalização de seguros de longa duração de todos os Voluntários; o desenvolvimento e aprovação das Linhas Orientadoras da BCVPV; o desenvolvimento do Regulamento da BCVPV (pendente à aprovação); a realização de 3 episódios de formação inicial de Munícipes Voluntários.

Quanto à Monitorização dos indicadores quantitativos a partir do registo em base de dados relativamente aos parceiros, a BCVPV conta com 11 entidades parceiras [sobretudo entidades públicas e 3º setor] que se caraterizam como promotoras regulares de Voluntariado, sendo que, este ano, foram formalizadas duas novas parcerias. Dispõe de 3 entidades com protocolos estabelecidos com o Município como forma de apoiar e promover o Voluntariado localmente. Relativamente aos Munícipes Voluntários, a BCVPV dispõe de 87 Voluntário em situação ativa, 12 munícipes em situação de proponente a Voluntariado. A distribuição dos Voluntários ativos por género carateriza-se por 22 do sexo masculino e 65 feminino (tendência feminina como nos níveis nacionais e europeus). São sobretudo jovens (25) e jovens/adultos (58). As áreas de interesse de atuação no Voluntariado são diversas e dispersas, polarizando-se as compreendidas em torno de: Animação dos tempos livres, Atividades culturais e recreativas, Apoio e Solidariedade Social, Educação e Desporto.

A Bolsa Concelhia de Voluntariado da Póvoa de Varzim tem procurado preconizar os desafios subjacentes à sua Missão, nomeadamente: a promoção, informação e sensibilização para o voluntariado; a valorização dos voluntários, contribuindo na formação das competências pessoais e sociais; a mediação da sua ação com entidades locais promotoras de voluntariado; assegurar que na prática do voluntariado pelos seus membros sejam cumpridas as condições previstas no Acordo de Voluntariado, a estabelecer entre o Voluntário, o Município e a entidade promotora do projeto de voluntariado; possibilitar, pela formação inicial – a realizar-se no momento de integração e acolhimento do voluntário – e pela formação específica – a realizar por solicitação dos próprios voluntários, ou em conjunto com as entidades promotoras de voluntariado e no âmbito das ações dele decorrentes – um conhecimento e informação que se revele um importante contributo e garante na ação voluntária, assim promover cidadãos mais esclarecidos e informados. Em suma, informar, dinamizar, potencializar e valorizar, mediar, formar, conscientizar, comprometer e envolver, permitir o encontro entre o meio e a comunidade, os voluntários e as instituições/entidades locais.

Neste sentido, a Bolsa Concelhia de Voluntariado tem procurado pautar a sua ação por: divulgar e promover o voluntariado local, de forma organizada e estruturada; trabalhar com os parceiros, no sentido de colaborar com a dinamização dos seus projetos e ações onde o voluntariado tenha cabimento; organizar, gerir e assegurar a manutenção diária de uma base de dados; a organização de eventos diversos: ações de promoção e representação, participação em workshops e palestras, feiras e atividades públicas; criar oportunidades de informação e formação/conscientização para a ação e conduta voluntária; assegurar periodicamente entrevistas e desenvolver os processos conducentes à seleção e recrutamento de munícipes proponentes ao voluntariado; possibilitar uma rede ampla e alargada de recursos que possibilitem um contacto permanente entre voluntários e parceiros; proceder à atualização e sistematização dos conteúdos a disponibilizar no portal do município; proceder à atualização e (re) organização do documento “Linhas Orientadoras” (em desenvolvimento); mediar e potenciar as ações de voluntariado concelhio, sempre que aplicável.

Aviso: Procissão em Honra de Nossa Senhora da Saúde – alterações ao trânsito automóvel

No dia 7 de agosto, vai realizar-se, em Laúndos, a Procissão em Honra de Nossa Senhora da Saúde.

Neste sentido, a partir das 15h00 deste dia, e até ao termo da Procissão, é interdita a circulação de trânsito, de todos os veículos, nas seguintes artérias freguesia de Laúndos: Rua do Comendador Aventino Fernandes Laje, Rua do Recreio, Rua Manuel Gomes Coelho Júnior, Rua de S. Miguel, Avenida Senhora da Saúde e Rua Monsenhor Pires Quesado.