Esta medida de prevenção foi devidamente ponderada pelo Presidente da Câmara e por todas as entidades de proteção do Município da Póvoa de Varzim, com o objetivo de acautelar, acima de todos os interesses, a segurança das pessoas; já que, na madrugada de dia 1 de janeiro, vai aplicar-se a todo o distrito do Porto o aviso laranja (o segundo mais grave de uma escala de três, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA)).

Assim, aconselha-se a população a proteger-se da chuva (moderada a forte) e do vento (que poderá atingir os 40 km/h e rajadas até 75 km/h) ao evitar deslocações desnecessárias, na noite de dia 31 de dezembro. Durante esse mesmo período, há previsão de agravamento de agitação marítima, pelo que a concentração de pessoas em praias e a prática de atividades à beira-mar, desportivas ou de lazer, é desaconselhada.

Devido ao risco de inundações, é aconselhável a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e a retirada de inertes e de outros objetos que possam criar obstáculos ao livre escoamento das águas. Aconselha-se igualmente a adoção de uma condução defensiva, com especial cuidado em zonas com cursos de água, vias com coletores de esgoto e áreas arborizadas, pontos especialmente vulneráveis à ocorrência de cheias, ao arrastamento de pessoas ou viaturas e à queda de ramos ou de outros objetos.

Os Bombeiros Voluntários da Póvoa de Varzim e o Serviço Municipal de Proteção Civil estarão no terreno, prontos a intervir em alguma situação de emergência. Não obstante, o Município da Póvoa de Varzim apela ao cumprimento das medidas elencadas, fazendo votos para que todos os poveiros, e respetivas famílias, passem uma noite de réveillon abrigada e em condições de segurança.