Passar para o conteúdo principal

De 21 de novembro a 13 de dezembro, a Associação Cultural Capela Marta, com o apoio da Câmara Municipal, promoveu o III Encontro de Música Coral da Póvoa de Varzim.

O público correspondeu aos vários concertos e foi frequente ver as igrejas cheias, o que deixou a organização orgulhosa de um trabalho de divulgação da música coral portuguesa. O último concerto foi ontem, domingo, dia 13, na Igreja Matriz, com o Coro Viana Vocale, de Viana do Castelo, a que assistiram como convidados Luís Diamantino e Lucinda Delgado, Vice-Presidente e Vereadora da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim.

A edição contou com a participação de 21 agrupamentos corais, cerca de 600 vozes, num total de nove concertos, realizados em diversos locais ligados à cultura da Póvoa de Varzim. Capela Marta; Vocal Arsis; Coral de Letras da Universidade do Porto; Coro Feminino do Conservatório do Vale do Sousa; Coro Cantacellis; Coro Académico da Universidade do Minho; Coro Feliz Natal Póvoa de Varzim; Coro Vivace Música & Grupo Coral de Areias de Vilar; Ensemble Vocal de Freamunde; Jovens Cantores de Guimarães; Alma de Coimbra; Coro de Câmara de São João da Madeira; Coro Ninfas do Lis (Leiria); Coro de Câmara da Universidade do Minho; Coro Anonymus (Porto); Coro de Câmara de Barcelos; Coro dos Pequenos Cantores de Amorim & Laundos; Coral Públia Hortênsia (Lisboa); Coral de Chaves; Coro Manuel Giesteira e Viana Vocale (Viana do Castelo) foram os agrupamentos participantes nesta edição do certame.

O diretor artístico do Encontro de Música Coral, Tiago Pereira, afirmou que não estava à espera de atingir esta projeção de ver “as igrejas cheias” tão rapidamente, tendo em conta que esta foi a 3ª edição do evento. No entanto, considera que é muito positivo “ver que os coros têm registado uma melhoria de qualidade artística, de ano para ano, sendo de salientar que tivemos, este ano, um cartaz de excelência, dentro das nossas possibilidades, o que tem deixado a população muito satisfeita”.

O facto de o público ter vindo a aumentar de ano para ano, talvez seja porque as pessoas não consideraram os concertos cansativos e foram aderindo cada vez mais.

“Sentimos que estamos a contribuir para atrair mais visitantes para a cidade numa época baixa do Turismo e a reforçar a imagem da cidade, com a união das várias associações e paróquias, para além da autarquia e entidades privadas, que têm colaborado connosco e sem elas esta iniciativa não seria possível”, salientou o diretor artístico.

Para além de assinalar os 65 anos da Capela Marta, frisou Tiago Pereira, “queremos que as pessoas saiam daqui felizes”.  

Veja a fotogaleria do primeiro e último concertos deste III Encontro.

Procissão de Nossa Senhora do Rosário: trânsito condicionado

No dia 9 de outubro, a Póvoa de Varzim recebe a procissão em honra de Nossa Senhora do Rosário.

Importando garantir adequadas condições de segurança dos arruamentos integrados no trajeto da mesma, o Município alerta a população para os condicionamentos de trânsito no dia da procissão, a partir das 16h00.

Assim, estará interdita a circulação de trânsito e o estacionamento de todos os veículos nas seguintes artérias da cidade: Rua da Igreja, Rua do Visconde, Largo Eça de Queirós, Praça do Almada, Rua Dr. Sousa Campos, Praça da República, Rua da Junqueira, Largo Dr. David Alves, Rua da Alegria, Avenida Mouzinho de Albuquerque, Largo das Dores e Rua de S. Pedro.

Noite de Fado na Fonte da Bica: alterações ao trânsito automóvel

No dia 1 de outubro, o Grupo Recreativo Estrela do Bonfim vai realizar a Noite de Fado na Fonte da Bica.

De modo a garantir as adequadas condições de segurança dos arruamentos integrados no decorrer do espetáculo, o Município alerta a população para a interdição da circulação de trânsito automóvel na Rua Fonte da Bica, entre as 21h30 e as 23h30 de amanhã.