Aproveitando para incluir uma visita guiada à mostra – seguida curiosamente pelo Vereador da Cultura, Luís Diamantino – no programa do Curso Livre de “Arte e Arqueologia 2 – do Gótico ao Barroco”, cuja primeira sessão decorreu no mesmo dia, entre as 21h00 e as 23h00.

 

Integrada na temática da Exposição “Ano da Fé” o Museu apresenta uma parte da sua coleção de gravuras piedosas e devocionais. Este extenso conjunto, com exemplares desde o século XVIII até ao presente, mostra a fé, as devoções, os perigos e anseios da comunidade poveira ao longo dos séculos através de gravuras que se colocavam nas paredes dos lares.

Tendo em conta que já nos encontramos numa época de antecipação natalícia, a exposição inclui imagens, pinturas, postais e estampas com o ciclo do Natal.

Algumas gravuras são de produção local, ou regional, mas também podem ser apreciados eruditos exemplares do Porto e outros centros de produção portugueses, bem como franceses e espanhóis. Distinguem-se, pela beleza e colorido, as estampas Alemãs, Suíças e Italianas.

A mostra estará patente até 15 de fevereiro de 2014 e poderá ser visitada no horário de funcionamento do Museu Municipal: de terça a domingo, das 9h30 às 12h30 e das 14h30 às 17h30.

E para os cerca de 50 participantes do Curso Livre de Arte e Arqueologia promovido pelo Museu – com o apoio do Grupo de Amigos do Museu (GAM) – nada melhor que ter uma aula prática, muito útil para a História da Arte, neste primeiro dia da Mostra “A Coleção de Estampas e Gravuras do Museu” dando “Um Olhar…” pedagógico às peças, na sua grande parte inseridas no estilo Barroco.

Foi uma aula que muito agradou aos formandos, interessados em conhecer melhor os estilos artísticos e arquitetónicos desde o Gótico ao Barroco.

A ação formativa orientada por Deolinda Carneiro e José Flores irá decorrer até 8 de janeiro de 2014. No dia 27, a sessão já abordou a temática – estilo Gótico e o “Manuelino”, seguindo-se sessões sobre: Renascimento (4 de dezembro); Maneirismo (11 de dezembro); Barroco Internacional (18 de dezembro) e Barroco em Portugal (8 de janeiro).

O Curso de “Arte e Arqueologia – do Gótico ao Barroco” terminará com duas visitas guiadas às igrejas de Santa Clara e Matriz de Vila do Conde, e ainda das Igrejas de Amorim e Matriz da Póvoa de Varzim. As visitas relacionam-se com o último tema, pois estas igrejas a serem visitadas, na sua grande parte, dizem respeito ao período Barroco.