Após 12 anos, Sérgio Ferraz decidiu continuar na Presidência da Direção, tendo recebido mais um voto de confiança por parte dos sócios da associação local para que pudesse dar continuidade ao trabalho desenvolvido até agora.

O Vice-Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim esteve presente na sessão e sublinhou a importância do movimento associativo no concelho. Importa recordar que o Município apoia este dinamismo, tendo no último ano apoiado 20 associações num montante global de mais de 2 milhões e 300 mil euros.

Contudo, e como referiu Luís Diamantino, nem todas as associações têm a capacidade de fazer o mesmo que o Grupo Recreativo de Regufe – “juntar àquela que é a sua atividade principal, uma constante preocupação em promover a formação interpessoal dos mais novos e o acesso a novas oportunidades”. É o caso, por exemplo, do programa ERASMUS+, no âmbito do qual o Grupo Recreativo de Regufe já proporcionou a oportunidade a centenas de jovens de conhecer diferentes países, convivendo em ambientes multiculturais e de partilha internacional de boas práticas.

“Este papel complementar por parte das nossas associações é essencial pois ajuda a Câmara Municipal na sua missão de tornar a comunidade mais coesa, formando jovens com valores e princípios, através da prática desportiva e da ocupação de tempos livres”, reconheceu o também Vereador da Cultura e Desporto.