Com o objectivo de angariar fundos para a Associação Portuguesa de Paramiloidose, esta competição teve, à semelhança das edições anteriores, Rosa Mota como madrinha. Tendo já habituado todos os participantes à sua simpatia, a ex-atleta olímpica participou na caminhada onde, animadamente, distribuiu sorrisos e conversou com todos aqueles que a abordaram.

A vertente competitiva do Grande Prémio da Marginal não foi esquecida. Bruno Silva, do Maia AC (00:31:42:36); Ricardo Vale, do SC Braga (00:31:54:83); e Ricardo Mendes, do Liberdade FC (00:32:15:00), no escalão masculino, e Fátima Silva, do CD Póvoa (00:36:43:32); Filipa Costa, do CDC Navais (00:41:13:18); e Helena Lobo, do NA Taipas (00:41:26:08), no escalão feminino, ocuparam, respectivamente, lugares no pódio.

Este ano, a prova teve início junto ao Forte de S. João, em Vila do Conde. A caminhada terminou junto ao Alto Martim Vaz, na Póvoa de Varzim, e a corrida, após alcançar esta zona, regressou a Vila do Conde para terminar a competição. Na IV edição, o percurso terá início na Póvoa de Varzim, já que, alternadamente, acontece na Póvoa de Varzim e em Vila do Conde.

Organizado pela School-Eventos, o Grande Prémio da Marginal tem, desde a sua primeira edição, o apoio da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim.