Passar para o conteúdo principal

Póvoa de Varzim, 05.08.2013 - O Centro Social de Bem-Estar de S. Pedro de Rates aumentou a capacidade do Lar de Idosos dando resposta a mais catorze pessoas.

Agostinho
Branquinho, Secretário de Estado da Solidariedade e Segurança Social, e Aires
Pereira, Vice-Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, inauguraram a
primeira fase da ampliação do edifício, no passado sábado, 3 de agosto.

Aires
Pereira transmitiu que “não foi fácil chegarmos aqui. Hoje em dia, temos que
assumir alguns riscos e algumas responsabilidades em nome de todos. A realidade
social que hoje nos é imposta e aquilo que são as necessidades da população
obrigam-nos a tomar decisões e a dar a cara por essa tomada de decisão. Só por
essa razão é que hoje estamos aqui. Esta instituição tinha este objetivo de
concluir no mais curto espaço de tempo esta obra. Foi necessário assumir a
responsabilidade convosco da execução deste projeto e aqui estamos”.

O
Vice-Presidente deixou uma palavra à empresa de construção responsável pela
obra, Adelino Figueiredo, pelo trabalho magnífico que fez, “obra de inegável
qualidade posta ao serviço da população do concelho, e não só”.

O
autarca dirigiu-se ainda aos funcionários do Centro Social, reconhecendo que o
mais importante da instituição são os recursos humanos que prestam um trabalho
notável, com “profissionalismo e dedicação”. Também a população da Vila de
Rates mereceu o reconhecimento de Aires Pereira, por contribuir para a
realização deste equipamento de referência do concelho.

Aires
Pereira referiu-se ainda ao facto da instituição ser, na freguesia, a maior
entidade empregadora, em conjunto com a LEICAR.

Muito
emocionado, Fernando Martins, Presidente do Centro Social, referiu que “a obra
que hoje inauguramos corresponde a mais um sonho da vila de S. Pedro de Rates e
do Centro Social em particular: aumentar a capacidade de resposta à crescente
procura de lugar no Lar de Idosos”, destacando o apoio incondicional de Aires
Pereira na concretização deste sonho.

Esta
obra permitirá aumentar de 46 para 60 utentes a capacidade de internamento no
Lar de Idosos. O edifício que funciona como Lar teve a sua conclusão em 1995 e
num curto espaço de tempo vê crescer 14 lugares numa instituição que se preza
em prestar o melhor apoio e cuidados possíveis àqueles cuja idade e forças já
não lhes permitem uma vida totalmente autónoma e muitas vezes procuram fugir à
solidão, revelou.

Fernando
Martins informou que “a esta obra está associada outra com uma importância
fulcral para os ratenses em geral e para os utentes deste Centro Social em
particular: a piscina coberta e os serviços de manutenção física que permitirão
proporcionar condições para a prática de desporto e cuidados de saúde de que
tantos ratenses necessitam e a que até agora dificilmente têm tido acesso”.

Tudo
isto num investimento superior a 1 milhão e 700 mil euros, totalmente
suportados pela instituição. Facto só possível graças a uma rigorosa gestão e
sentido de responsabilidade dos conselhos de administração que por aqui
passaram. O apoio do Estado e da Câmara Municipal tem sido, por outro lado,
fundamental para o crescimento desta IPSS. Só a pronta colaboração dos serviços
do Município e da Segurança Social nos permite avançar à velocidade que as
exigências do dia-a-dia nos obrigam, constatou Fernando Martins.

O
Presidente do Centro lembrou que a instituição nasceu da vontade de vários
benfeitores de Rates, a maior parte deles emigrantes no Brasil, e, atualmente
emprega 45 pessoas.

Agostinho
Branquinho saudou a instituição por sabendo de antemão das dificuldades e
problemas com que iriam ser confrontados, tendo em conta que o nosso país vive
um dos momentos mais de difíceis da nossa história, tenham investido nestas
instalações magníficas e venham proporcionar a 14 pessoas a possibilidade de
poderem estar aqui, nesta residência de idosos. Referiu-se ainda ao facto de
quando avançar a 2ª fase, poderem usufruir dos serviços de recuperação
funcional, de mobilidade e fisioterapia.

“Naquilo que for possível e
depender de mim, terão o meu empenho e dedicação”, garantiu o Secretário de Estado.


Aviso: Procissão em Honra de Nossa Senhora da Saúde – alterações ao trânsito automóvel

No dia 7 de agosto, vai realizar-se, em Laúndos, a Procissão em Honra de Nossa Senhora da Saúde.

Neste sentido, a partir das 15h00 deste dia, e até ao termo da Procissão, é interdita a circulação de trânsito, de todos os veículos, nas seguintes artérias freguesia de Laúndos: Rua do Comendador Aventino Fernandes Laje, Rua do Recreio, Rua Manuel Gomes Coelho Júnior, Rua de S. Miguel, Avenida Senhora da Saúde e Rua Monsenhor Pires Quesado.