Atualmente, a sua área de intervenção comportamentos com características
aditivas (drogas, dependência do jogo, internet, distúrbios alimentares, etc.)
e é
dirigida às pessoas com este tipo de
problemas e aos seus familiares, amigos, companheiros, profissionais de saúde,
educação e intervenção comunitária.
O serviço é assegurado por técnicos com
formação em psicologia clínica e na área do aconselhamento telefónico.

Após a extinção do Instituto da Droga e da
Toxicodependência, foi integrada no Serviço de Intervenção nos Comportamentos
Aditivos e nas Dependências. Numa lógica de boas práticas e de permanente
atualização, estão integrados na FESAT, European Foudation of Drugs Helplines,
da qual é membro fundador. Como já referido, este é um serviço gratuito e de
fácil acesso – basta ligar 1414
que presta aconselhamento, informação, encaminhamento e apoio, realizado por
psicólogos clínicos.