Esta edição da Peregrinação terá como lema “Peregrino, encontra tempo para a oração”.

Do programa consta a Eucaristia, na Igreja Matriz da Póvoa de Varzim, às 07h30, e no final da cerimónia, pelas 09h00, inicia-se o percurso a pé ao longo de 7 quilómetros que separam a Matriz da Póvoa do altar no terreiro do Santuário de Nossa Senhora da Saúde, numa procissão comandada pelo andor da devoção, carregado em ombros por pescadores.

Às 11h00, realiza-se a Eucaristia presidida pelo Bispo das Forças Armadas e de Segurança, D. Manuel Rodrigues Linda, e concelebrada pelos sacerdotes de Póvoa de Varzim e Vila do Conde. A cerimónia vai ser transmitida a nível nacional pela Rádio SIM e pela Rádio Renascença.

Da parte da tarde, às 16h00, tem lugar a recitação do terço, adoração e bênção do Santíssimo Sacramento e cerimónia do adeus.

Um dos atrativos no dia da Peregrinação são os sempre belos tapetes de flores, um dentro do Santuário e outro no terreiro, mesmo em frente ao altar, onde se celebra a Eucaristia.

A organização destas celebrações lembra que, pela dignificação do espaço do Santuário não é autorizada a venda ambulante na Avenida de Nossa Senhora da Saúde, recinto da Peregrinação e espaço envolvente. Não é também permitido marcar ou reservar lugares no recinto onde se vão realizar as cerimónias religiosas.

Para maior comodidade dos fiéis, serão disponibilizados dois parques de estacionamento para ligeiros, um junto à estrada nacional e zona dos autocarros, outro junto à Igreja Matriz de Laundos. Durante o dia, haverá transporte de autocarro (Transdev/Litoral Norte) de Laundos para as cidades da Póvoa de Varzim e Vila do Conde. O local do embarque, este ano, é a 100 metros da Avenida de nossa Senhora da Saúde, Estrada Nacional 205, direção Póvoa de Varzim.

Apela-se a que, quem pretender dirigir-se de carro para Laundos, faça a deslocação o mais cedo possível, dado que, a partir do momento da passagem da Peregrinação, o trânsito será condicionado em certas ruas e nalgumas delas será mesmo cortado.