Em breve, este novo fluxo de recolha de resíduos alimentares e resíduos verdes será alargado, com vista a cobrir um total de 5000 habitações em todo o concelho.

Esta medida traduz um investimento na sustentabilidade ambiental, por parte da autarquia, que já permitiu a valorização de 126 toneladas de resíduos alimentares, evitando a emissão de 26.9 toneladas de CO2 equivalente.

Apesar de todo o empenho do Município da Póvoa de Varzim na sensibilização, prevenção e redução da produção de resíduos indiferenciados, 50% do lixo produzido ainda continua a ser composto por biorresíduos.

Por essa razão, o investimento neste projeto vai ser reforçado da seguinte forma através da instalação de mais 22 equipamentos para recolha de resíduos alimentares nas zonas de recolha porta-a-porta (edifícios de grande dimensão), instalação de mais de 82 equipamentos de acesso condicionado para resíduos alimentares na Póvoa de Varzim e Aver-o-Mar e implementação da recolha de resíduos alimentares em todas as zonas porta-a-porta.