Luís Diamantino disse
que “a melhor forma de começar os festejos é com as crianças que encantam com
as suas marchas. Esta é uma das actividades em que participam todas as
freguesias do concelho e daí a sua importância”. O autarca referia-se ao S.
Pedrinho da Pequenada, um desfile de danças, coreografadas pelas educadoras e
interpretadas com empenho pelas crianças de todos os infantários do concelho. O
auditório da Lota, no dia 26, às 10h00, torna-se o palco de pequenos foliões.   

Luís Diamantino
destacou outros eventos que marcam as Festas da Cidade. No dia 28, quinta-feira,
não deixe de festejar nas ruas da cidade a noitada de S. Pedro. Esta festa
reúne milhares de pessoas que se divertem, com sardinhas e vinho, até ao
amanhecer. Este é o momento por excelência do S. Pedro onde, rapidamente, se
passa do estatuto de desconhecido a conviva cúmplice nos folguedos da noite. Os
protagonistas da festa são os vários bairros da cidade que, coordenados pela
Câmara Municipal, preparam os tronos e as actuações das rusgas. As rusgas vão
para a rua na noite do santo com as cores do bairro, ao compasso de música
característica, trajes locais e uma multidão de adeptos a acompanhá-las na
visita aos bairros vizinhos.

No dia 30, sábado,
às 16h00, será inaugurada a Avenida 25 de Abril, a Via B, que “ligará a saída
da Póvoa de Varzim à entrada de Vila do Conde e que será de grande utilidade.
Esta é uma inauguração sonhada pelos poveiros há muito tempo e que esta Câmara
Municipal conseguiu realizar”.  

Já em Julho, logo no
dia 1, às 9h00, as comemorações continuam com o XIX Grande Prémio de Atletismo
de S. Pedro, com partida da Avenida dos Banhos, e, no dia 6, às 22h00, no
Passeio Alegre, com o espectáculo ao vivo de Rui Veloso, aberto a toda a
população. “Um espectáculo a não perder” segundo o vereador.