Enquanto que os alunos da Escola Secundária Rocha Peixoto assistiam a Fernando Ribeiro, João Pedro Vala e Maria do Rosário Pedreira, Ivo Machado e José Alberto Postiga partilhavam com crianças da Escola Básica os motivos que os levaram a dedicar as suas vidas aos livros. O poeta açoriano e o escritor poveiro têm algo em comum: a escrita é uma necessidade diária.

As crianças questionaram ambos os convidados sobre a descoberta do interesse pela escrita e, curiosamente, enquanto que a paixão de Ivo Machado pelas letras começou aos 15 anos, quando escreveu a sua primeira carta de amor, José Alberto Postiga descobriu esta paixão mais tarde, até porque deixou de estudar aos 11 anos para trabalhar no mar, no negócio da família. Em 2011, com 34 anos, reiniciou os estudos e concluiu o ensino secundário. O escritor partilhou com as crianças a importância de estudar e seguir os sonhos. Já Ivo Machado partilhou alguns dos seus poemas com os alunos e pediu-lhes que não tivessem medo da poesia e que escrevessem os seus pensamentos, mesmo que lhes pareçam ridículos.

Consulte o programa completo e acompanhe o 23.º Corrente d´Escritas no portal ou nas redes sociais da Câmara Municipal, onde poderá assistir à emissão em direto da edição deste ano.