Passar para o conteúdo principal

O Varzim Sport Club foi recebido no Salão Nobre dos Paços do Concelho, na passada sexta-feira, pelo Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Aires Pereira. O autarca homenageou o esforço de todos os profissionais envolvidos na subida à II Divisão, desde a direção, à equipa técnica e, claro, aos jogadores.

“Os jogadores tornaram real um sonho que há muitos anos era acalentado pelos sócios do clube. Sei que, ao longo deste ano, as coisas nem sempre foram fáceis. Sei que houve dificuldades financeiras e que os profissionais que trabalham durante todo o mês têm direito a serem ressarcidos pelo seu trabalho. Mas também sei que todos foram inexcedíveis, nunca transparecendo para o exterior as dificuldades”.

O autarca lembrou que os jogadores “sempre colocaram à frente dos interesses pessoais o interesse coletivo, por isso, sei que o Varzim também vai cumprir convosco. O Varzim é uma pessoa de bem. O Varzim não quer falado e nem ser notícia por factos desagradáveis. E quero dizer-vos, olhos nos olhos, que o Varzim vai continuar a cumprir convosco e vai fazer questão de vos retribuir aquilo que vocês fizeram pelo clube esta época. E não foi pouco. Independentemente do resultado conseguido, dou-vos os parabéns pela forma como enfrentaram as dificuldades desta época. Os atletas são credores do tributo do município. Quando vestem a camisola do Varzim estão a vestir a camisola do concelho”.

Quanto aos adeptos, Aires Pereira fez questão de recordar a festa espontânea no Parque da Cidade, na passada quarta-feira, e que aguardavam às portas da Câmara Municipal para saudar os seus heróis: “a sala não tem capacidade para receber todos os adeptos que estão lá fora, mas é a sala mais importante que a Póvoa de Varzim tem e é no nosso Salão Nobre que nós devemos fazer estas homenagens. Mas, àqueles que nunca deixaram de acreditar que era possível, que apareceram em massa no Parque da Cidade, peço uma grande salva de palmas para que eles possam ouvir lá de fora e sentir como a sua devoção é apreciada”.

O Presidente da Câmara Municipal lembrou que “o Varzim está a comemorar o seu centenário. Confesso que, houve alturas, em que eu próprio duvidei que seria possível. O Varzim tinha deixado de ser uma pessoa de bem, não cumpria com as entidades oficiais, não cumpria com os jogadores. Havia mais de 50 acordos que o Varzim não tinha sido capaz de cumprir e isso pesa muito no dia-a-dia do clube. Assim como pesa a dívida de mais de um milhão de euros ao Fisco e à Segurança Social. Temos um percurso a fazer, o de convencermos as nossas empresas e os nossos comerciantes a apostar no clube. E o município tem a obrigação de ser a locomotiva nesse processo porque todos podem beneficiar com o sucesso do Varzim. É impossível que a autarquia possa suportar – e nem sequer penso que faça sentido – os compromissos”.

 

A aposta na formação é a matriz que Aires Pereira considera essencial na revitalização do clube. “Este ano haverá novos campos, há outras condições para os atletas. Defendo que a Equipa B suba para dar oportunidade aos jovens de terem visibilidade poderem vestir a camisola da Equipa A”.

Quanto ao futuro, o Presidente da Câmara sublinhou que “a próxima época é decisiva para a estabilidade do clube. Não vamos criar a ilusão que é fácil e que no próximo ano estaremos aqui a comemorar a subida à I Liga. Não é obrigação de ninguém subir no próximo ano. Se isso for possível, ótimo. Mas não vamos voltar a fazer asneiras para depois voltarmos a descer. Por isso, não vos peço rigorosamente nada. Contem comigo para estar ao vosso lado para alcançarmos aquilo que desportivamente for possível e dentro daquelas que são as nossas limitações e condições”.

No final da cerimónia, o grupo festejou na varanda do edifício municipal com mais de uma centena de adeptos.

Veja a fotogaleria

Aviso: Procissão em Honra de Nossa Senhora da Saúde – alterações ao trânsito automóvel

No dia 7 de agosto, vai realizar-se, em Laúndos, a Procissão em Honra de Nossa Senhora da Saúde.

Neste sentido, a partir das 15h00 deste dia, e até ao termo da Procissão, é interdita a circulação de trânsito, de todos os veículos, nas seguintes artérias freguesia de Laúndos: Rua do Comendador Aventino Fernandes Laje, Rua do Recreio, Rua Manuel Gomes Coelho Júnior, Rua de S. Miguel, Avenida Senhora da Saúde e Rua Monsenhor Pires Quesado.