Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

Município implementa ferramenta inovadora

Póvoa de Varzim, 26.07.2013 - Foi, ontem apresentada, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a 1ª fase do Mapa Digital Interativo (MDI) do concelho.

Notícias

Município implementa ferramenta inovadora

Póvoa de Varzim, 26.07.2013

Póvoa de Varzim, 26.07.2013 - Foi, ontem apresentada, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a 1ª fase do Mapa Digital Interativo (MDI) do concelho.

O MDI é uma ferramenta tecnológica pioneira que disponibiliza informação social atualizada e rigorosa, que ficará acessível através do portal municipal, indo ao pormenor de fornecer dados não só das freguesias como dos diversos lugares que as compõem. Está a ser construída desde março com participação efetiva das instituições e organizações locais e impulsionada pela Vereação da Ação Social da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, sob coordenação da Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti.

Andrea Silva, Vereadora da Ação Social, explicou que, com esta primeira apresentação, o Município pretende dar contas daquilo que foi feito, desde março até agora, e mostrar os indicadores que já foram trabalhados, tanto quantitativos como qualitativos. Em suma, dar a conhecer uma 1ª fase do Mapa Digital Interativo em que é possível percebermos as potencialidades desta ferramenta informática.

A autarca esclareceu que, graças à atualização permanente do Mapa, “é uma ferramenta fundamental para que possamos perceber, no futuro, para onde devemos direcionar as políticas, onde devemos intervir e saber onde existem determinados equipamentos e serviços”.

José Luís Gonçalves, Diretor da Escola Superior de Educação Paula Frassinetti, transmitiu que o Mapa Digital Interativo retrata em pormenor realidade social do concelho, permitindo que qualquer instituição consiga ter informação útil e em tempo real sobre a realidade do concelho, não a partir de indicadores estáticos, mas sim a partir do cruzamento de diferentes indicadores (por exemplo: agregados familiares; pessoas alfabetizadas; número de desempregados). Permite, ainda, criar mapas de vulnerabilidade ou de potencialidades, acrescentou.

José Luís Gonçalves demonstrou ainda que esta ferramenta vai otimizar a obtenção da informação e permitir atuar mais rapidamente, sendo que o Diagnóstico Social do concelho, que permanecia válido por três anos, com este Mapa passa agora a estar permanentemente atualizado.

O Diretor da ESSE Paula Frassinetti considera que “é muito corajoso, por parte de uma Câmara, que acaba por permitir que uma ferramenta acessível a todos, possa ser alimentada por todos e servir a todos. Isto é de uma transparência democrática fundamental e, simultaneamente, de um arrojo técnico também muito grande”, constatou.

Esta ferramenta entrará ao serviço das instituições do concelho para o fim deste ano para que possam diagnosticar problemas sociais emergentes e traçar planos de ação fundamentados – e isto tudo à distância de clique. Será disponibilizada formação adequada a todos os técnicos das instituições do concelho para saibam reunir informação, refletir sobre as vulnerabilidades existentes e desenhar planos de ação.

Algumas das potencialidades:

·    Visualizar a geografia dos apoios prestados no município e aferir ao longo do tempo como evoluem no espaço

·    Contribuir para a atualização da informação em tempo real

·    Conjugar o cruzamento de informação de natureza quantitativa (estatística) e qualitativa (proveniente do território)

·    Obter economia de tempo na preparação do diagnóstico social, mantendo-o atualizado

·    Gerar cartas de vulnerabilidade e de risco social

·    Possuir uma ferramenta de apoio à decisão potenciando a integração dos contributos da rede

·    Otimizar as potencialidades das geotecnologias na área social que, em Portugal, este projeto na Póvoa de Varzim é pioneiro

·    Promover o trabalho em rede

·    Facilitar o acesso à informação com relevância na área social às instituições que compõem a rede