Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

As Cidades Geminadas, as Relações Internacionais e a Cooperação

marca povoa



A Câmara Municipal da Póvoa de Varzim encara as relações internas e externas como um instrumento de afirmação no plano nacional e no mundo.

As relações de intercãmbio e cooperação num mundo globalizado decorrem a vários níveis, sendo particularmente importantes aquelas que se situam ao nível das regiões e das cidades.

A Póvoa de Varzim, quer de forma directa, através dos protocolos de amizade e de geminação, quer indirectamente, através das instituições em que está representada, ANMP, AMAVE, AMP, etc, tem procurado estabelecer relações de cooperação profícuas envolvendo, de cada vez, os agentes económicos, sociais, culturais, contribuindo, de forma decisiva, para o desenvolvimento da nossa comunidade e para o exercício da cidadania.

A geminação é, sobretudo, um movimento europeu – um instrumento de desenvolvimento da dimensão europeia, de afirmação de cidadania, de afirmação da diversidade cultural, entre outros valores fundamentais para o crescimento das nossas nações – um movimento de modernidade, de renovação e empreendimento.

Este sentimento ficou, de resto, patente nas conclusões do último Congresso das Cidades Geminadas, que decorreu em Antuérpia, em 2002, onde se salientou, igualmente a necessidade de impor às futuras acções de geminação um novo ritmo de modo a facilitar aos homens e mulheres do território europeu a possibilidade viverem em conjunto, de contribuirem para o alrgamento da União Europeia, desenvolverem instrumentos de cooperação entre os habitantes e instituições e fomentar as "cidades do saber”. As geminações têm de ir além de uma simples troca.

A Póvoa de Varzim nesta matéria das relações internacionais e de geminação tem sido exemplar, de resto, patente no seu longo currículo de actividades e, não menos importante, pelos duas Estrelas D´Ouro das Geminações prémios atribuídos pela Comissão Europeia, respectivamente em 1995, em Dublin, e 2005, em Bruxelas.

cidadesgeminadas007.jpg

 

Neste contexto, expressamos aqui os objectivos fundamentais que têm conduzido a nossa actividade nos últimos anos, com as cidades Montgeron, em França, desde 1986, com a cidade Eschborn, na Alemanha, desde 1988, e com a cidade de Zabbar, Malta., desde 2001, no sentido de construir “Uma Europa Forte e Sustentável com a Geminação”. A saber:

  • Sensibilizar para a importância da livre circulação e para a Europa Unida, promovendo encontros informais entre cidadãos;
  • Promover a aproximação entre a Europa central e periférica;
  • Contribuir para a disseminação dos valores de democracia e cidadania, envolvendo os habitantes das várias cidades na implementação, concretização e dinamização das actividades de geminação;
  • Promove o intercâmbio e a comunicação inter-cultural, escolar, associativa, etc;
  • Promover a aprendizagem das línguas;
  • Fortalecer e fazer evoluir a geminação existente;
  • Pensar em novas formas de cooperação;
  • Implicar públicos diferentes;
  • Desenvolver actividades para os jovens e com os jovens;
  • Desenvolver actividades para e com pessoas características especiais;
  • Promover o intercâmbio de conhecimentos técnicos e científicos;
  • Perspectivar contactos oficiais com novos parceiros.