José Macedo
Vieira, Presidente da Câmara Municipal e autor do prefácio do livro, fez
questão de estar presente e referiu “estou aqui com particular prazer”. E
apontou as razões: primeiro, porque “o clube está a viver um momento muito
especial”, a poucos dias de completar 95 anos de existência, e em segundo
lugar, porque “tenho um apreço muito especial pelo Alexandre”.

O edil
referiu que acompanha o Varzim SC desde 1955, altura em que o seu tio António
Macedo era dirigente do clube, e por isso “conheço de perto mais de metade da
história do clube”. E dessa história, recorda os grandes presidentes que lá
passaram bem como os restantes dirigentes, citando nomes como Lídio Marques,
Baldaia e António Vasconcelos. Quanto aos atletas, Macedo Vieira afirmou que
“aprendi muito com eles” e “conheci grandes atletas que não foram os melhores
em campo mas mostraram-se peças fundamentais no balneário”. Sobre o ex-capitão,
o autarca disse que foi um “excelente atleta, uma referência para os mais novos
e um cidadão exemplar”, realçando uma característica única de Alexandre, “jogou
até pendurar as botas”.

Quanto
ao presente do Varzim SC, Macedo Vieira está confiante e considera que “a
equipa deste ano é das melhores dos últimos 10 a 15 anos” e é “uma equipa muito
jovem, com ambição e carácter, que nos vai dar muitas alegrias”, acrescentando
que “somos a equipa portuguesa em que jogam mais portugueses”, o que demonstra
o carisma do clube.

Lopes de
Castro, actual Presidente do Varzim Sport Clube, reconheceu a forma empenhada
como o Alexandre escreveu o livro onde se consolidam várias informações do
clube.

O antigo
capitão fez questão de destacar a dignidade e orgulho que foi para si representar
o Varzim SC e revelou que o que tentou transmitir ao escrever o livro foi “o
que o clube é para todos nós”. “O Varzim SC é as pessoas que passaram pelo
clube”, disse.

Alexandre Vila Cova referiu as colaborações que
tornaram possível a publicação Varzim SC
– Orgulho de um povo
de Armando Fortunato, que financiou a edição, Eduardo
Fernandes, Macedo Vieira, Luís Leal, Alfredo Costa e Manuel Costa, entre
outros.