Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

"A cidade vive da nossa capacidade de receber as pessoas"

Arrancou, esta manhã, no Hotel Axis Vermar, o 2º Congresso Empresarial da Póvoa de Varzim.

Notícias

"A cidade vive da nossa capacidade de receber as pessoas"

Póvoa de Varzim, 25.10.2018

Arrancou, esta manhã, no Hotel Axis Vermar, o 2º Congresso Empresarial da Póvoa de Varzim.

O Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Aires Pereira, fez a abertura oficial do evento em que, durante dois dias, se irá “falar sobre a realidade da Póvoa de Varzim e sobre aquilo que podemos fazer para transformar o nosso concelho cada vez mais atrativo, competitivo, integrador, cada vez com mais empresas e oportunidades para todos aqueles que pretendem abrir o seu espaço ou desenvolver a sua atividade profissional aqui”.

O edil agradeceu a todos quantos “acederam partilhar connosco este momento, desde oradores convidados aos empresários, que foram muitos”, levando a uma “crise de espaço”, nomeadamente o expositivo. Neste sentido, revelou que pretende, daqui a dois anos, “fazer este congresso, 4ª edição, na renovada Arena da Póvoa de Varzim, o que será também um desafio para todos nós”.

Aires Pereira fez questão de transmitir aos empresários com o que podem contar para os próximos três anos: uma política fiscal amiga das empresas, não apenas pelo valor das taxas (a mais baixa que a legislação permite), mas sobretudo por um fator a que os investidores atribuem a maior importância: a previsibilidade e a estabilidade. Assim sendo, “o IMI continuará no mínimo que a lei permite – 0,3%, não iremos cobrar derrama, iremos continuar a devolver 1% do IRS e, este ano, iremos fazer um ajustamento nas taxas de resíduos e abastecimento de água que resultará numa diminuição de cerca de 600 mil € na fatura anual que o Município cobra no concelho”, anunciou o autarca.

Do ponto de vista económico, o Presidente afirmou que “o nosso concelho é muito sui generis sob o ponto de vista da sua diversidade industrial e comercial, onde o nosso tecido económico cobre variadíssimos setores de atividade: o comércio, com 31%; atividade imobiliária (construção e promoção), com 17%; restauração e similares, com 8%; saúde, com 6%; indústria de vestuário, com 4%; agricultura (e atividades afins), com 3,8%; vários serviços com 5%; outros setores (entre estes a pesca e a industria), com 25%. Um tecido económico em que as pequenas e as microempresas predominam. De um total de 2.237 empresas em atividade em setembro de 2017, 86,1% eram microempresas, 12,3% pequenas empresas, e só 1,4% eram médias e 0,1% grandes empresas. Em outubro de 2018 temos mais 600 empresas. Temos, portanto, um tecido económico equilibrado no território do Município”.

Aires Pereira referiu-se ao importante papel do Turismo na criação de uma estabilidade entre a época alta e baixa, combatendo a sazonalidade, salientando a excelente localização da Póvoa de Varzim e a afluência verdadeiramente anormal de pessoas que vêm visitar e passar algum tempo na nossa cidade, acrescentando que “o nosso concelho tem um posicionamento verdadeiramente diferente”.

Neste sentido, o autarca constatou que o desafio atual é a “competição entre cidades”, evidenciando a necessidade de todas as atividades estarem em pleno funcionamento e o comércio abrir as portas aos fins-de-semana: “a cidade vive disto, vive da nossa capacidade de receber as pessoas. A cidade tem que viver de acordo com as necessidades de quem nos visita. Enquanto não fizermos isto, não conseguimos captar as pessoas. Temos muito trabalho para fazer neste sentido”.

O Presidente da Câmara terminou a sua intervenção referindo-se ao “grande portal empresarial do concelho da Póvoa de Varzim, com as diversas valências e identificações de todos os que estão interessados em fazer parte desse meio de comunicação. É também um portal de emprego – de oferta e de procura – e uma ferramenta que nos permite conhecer rigorosamente as empresas da Póvoa de Varzim (área de atividade, volume de negócios, localização, contactos, entre outros). Espero que seja uma ferramenta útil. Conto com todos para podermos melhorar essa ferramenta e fazer com que seja um instrumento que nos permita dar a conhecer”.

Gabriel Gonçalves fez de imediato a apresentação do portal que pode conhecer e começar a navegar em http://www.empresas.pvarzim.pt/

Veja a fotogaleria deste primeiro momento do Congresso.

“Produtividade e Crescimento” e “Indústria 4.0. – O caminho de uma nova industrialização” deram mote aos debates da manhã.

A Saúde Pública nas Empresas; A Economia do Mar; Ambiente e Agricultura; Competitividade e Internacionalização e Liderança Feminina serão os temas dos diversos painéis que se sucederão ao longo dos dois dias, reunindo conferencistas especializados nas diferentes áreas. Consulte o programa aqui.

Acompanhe o congresso no site www.congressoempresarialpovoadevarzim.pt, nas redes sociais em: https://www.facebook.com/congressoempresarialpvz/ e no Instragam.