Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

Conversa aborda o Quartel da Póvoa de Varzim

Póvoa de Varzim, 21.12.2012 - O “Quartel” da Póvoa de Varzim foi o tema apresentado pelo Coronel Lopes Cardoso, ontem à tarde, no Arquivo Municipal. O Comandante da Escola Prática dos Serviços – EPS – informou que em 28 de dezembro de 1914 foi transferido de Penafiel para a nossa cidade o 3º Grupo de Companhias de Administração Militar (3º GCAM), que se instalou no Colégio de Nossa Senhora da Conceição.

Notícias

Conversa aborda o Quartel da Póvoa de Varzim

Póvoa de Varzim, 21.12.2012

Póvoa de Varzim, 21.12.2012 - O “Quartel” da Póvoa de Varzim foi o tema apresentado pelo Coronel Lopes Cardoso, ontem à tarde, no Arquivo Municipal. O Comandante da Escola Prática dos Serviços – EPS – informou que em 28 de dezembro de 1914 foi transferido de Penafiel para a nossa cidade o 3º Grupo de Companhias de Administração Militar (3º GCAM), que se instalou no Colégio de Nossa Senhora da Conceição.

O “Quartel” da Póvoa de Varzim foi o tema apresentado pelo Coronel Lopes Cardoso, ontem à tarde, no Arquivo Municipal.

O Comandante da Escola Prática dos Serviços – EPS – informou que em 28 de dezembro de 1914 foi transferido de Penafiel para a nossa cidade o 3º Grupo de Companhias de Administração Militar (3º GCAM), que se instalou no Colégio de Nossa Senhora da Conceição.

Revelou ainda que, de acordo com os orgãos de comunicação social da época, a notícia foi recebida com grande satisfação pela comunidade poveira.

O Coronel Lopes Cardoso referiu-se à evolução e ação até 1975, realçando que, na década de 80, face à possibilidade da Unidade Militar sair da Póvoa de Varzim, por falta de condições, o Exército cede os dois prédios militares à autarquia e a autarquia compromete-se a ceder um terreno entre 15 e 18ha e a disponibilizar uma verba de 139 000 contos, assinalando que este protocolo entre e autarquia e o Estado Maior do Exército foi um êxito.

Em 1992, devido à degradação das instalações de alojamento das praças e até conclusão das obras de construção do novo quartel, o Batalhão de Administração Militar (BAM) transferiu-se para Penafiel, sendo que em 1994 regressou à nossa cidade, esclareceu.

O Coronel revelou que em 9 de maio de 1996 foi publicada a 1ª Ordem de Serviço da Escola Prática de Administração Militar (EPAM) e extinto o BAM. Em 2006, são extintas quatro unidades (EPAM, EPSM, Badidos e EPST) e todos os serviços são concentrados na Escola Prática dos Serviços (EPS).

O Comandante da EPS esclareceu sobre a estrutura orgânica do Exército e da Escola Prática dos Serviços. Explicou, igualmente a simbologia do brasão da EPS e identificou os seus quatro patronos. A 1 de julho é assinalado o Dia da Unidade, numa alusão à data da sua criação e publicação da 1ª Ordem de Serviço.

A EPS tem como missão: ministrar tirocínios, estágios e cursos de formação e qualificação nas áreas de Reabastecimento, Transportes, Manutenção, Saúde, Serviços de Campanha, Finanças Públicas e Pessoal e Secretariado, para a formação de Oficiais, Sargentos e Praças do Exército.

No que se refere à Formação, a EPS assume responsabilidade de Entidade de Formação e de Entidade Formadora, sendo que como entidade formadora garante a conceção, coordenação e supervisão da execução e avaliação da formação em várias entidades de formação.

O Coronel Lopes Cardoso informou sobre a atividade formativa da Escola, bem como dos apoios prestados pela mesma, que dão prova do seu envolvimento na comunidade poveira.