Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

Crianças e jovens são o principal foco do 20º Encontro pela Paz

De 12 de dezembro a 12 de janeiro, realiza-se o 20º Encontro pela Paz com o tema “Terra – Criadora da vida que precisa de amor e paz”. O programa do evento foi apresentado esta manhã, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Notícias

Crianças e jovens são o principal foco do 20º Encontro pela Paz

Póvoa de Varzim, 22.11.2018

De 12 de dezembro a 12 de janeiro, realiza-se o 20º Encontro pela Paz com o tema “Terra – Criadora da vida que precisa de amor e paz”. O programa do evento foi apresentado esta manhã, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Estiveram presentes o Vice-Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Luís Diamantino, e o mentor do Encontro, Mário Ferraz.

O Vice-Presidente começou por reconhecer que “estes 20 anos do Encontro pela Paz devem-se sobretudo à persistência, vontade e ao desafio constante da pessoa do Mário Ferraz”.

O autarca transmitiu que “a Câmara Municipal é um parceiro do evento em que Mário Ferraz tem trabalhado de uma forma voluntária para a educação pela paz que, este ano, vai estar ainda mais eminente”.

A este propósito, Luís Diamantino referiu-se a dois aspetos do programa: “o desafio que todos os anos é lançado aos alunos das escolas do concelho para produzirem trabalhos relacionados com a temática e uma novidade no domingo em que nos costumamos encontrar no Pavilhão Municipal, este ano, vamos ter algo diferente no que diz respeito à educação pela paz. No dia 16 de dezembro, teremos um encontro das escolas em que as próprias escolas serão as protagonistas deste encontro onde teremos todas as escolas em uníssono, a união escolar que apresentará um belíssimo espetáculo. Complementando este trabalho, teremos um concerto pedagógico pela Orquestra do Norte em que serão convidadas todas as crianças do primeiro ciclo e seus familiares para estarem presentes”.

E sobre este dia, o autarca acrescentou “teremos, com certeza, um pavilhão cheio de jovens, crianças e também de familiares. Teremos um momento único para celebrarmos a paz com aqueles que mais nos interessam, os jovens, a geração nos vai seguir e será a geração do futuro”.

O Vice-Presidente terminou chamando a atenção para o facto de “na Póvoa, há 20 anos que persistentemente chegamos à comunidade, tocamos a comunidade e regra geral este tipo de encontros só acontecem quando há uma desgraça, quando há guerra ou as pessoas não se entendem, e aqui fazemos sem acontecer nada disso. É uma forma de sensibilizar, de prevenir, de ensinar, de fazer pedagogia junto das nossas crianças e jovens. Aliás, têm sido eles que mais aderem a este movimento. Esta edição irá marcar, indelevelmente, estes encontros pela paz que temos feito”.

Antes de apresentar o programa, Mário Ferraz reconheceu que “o tema não é fácil. As pessoas acham que não é preciso paz”. No entanto, “existe um número significativo de pessoas com sensibilidade nesta terra”.

E sobre o tema deste ano – “Terra – Criadora da vida que precisa de amor e paz” – Mário Ferraz transmitiu que é “uma espécie de síntese, algo em que estamos todos inseridos, a Terra. Vamos abordar o nosso planeta de uma outra forma, propomos uma outra perspetiva, uma visão compassiva dirigida à emoção e à razão, baseada na vida simples, genuína e nos valores éticos, sustentados pelo amor e pela paz”.

Veja a fotogaleria.