“Esta foi uma excelente forma de apresentar oficialmente ao público as instalações da Varzim Lazer, depois das obras de recuperação”, afirmou Aires Pereira, vice-presidente da Câmara Municipal e vereador do Pelouro do Desporto, no final desta V edição. “O facto dos nadadores poderem tentar os tempos mínimos para o Campeonato do Mundo de Xangai estabeleceu uma fasquia muito alta em termos qualitativos. Alguns dos melhores atletas europeus competiram neste Meeting”, sublinhou o autarca. Aires Pereira voltou a referir a importância deste investimento por parte do município, “no que toca a restauração e a hotelaria. Depois deste Meeting, várias equipas decidiram estagiar aqui na Póvoa de Varzim, o que muito nos beneficia”.

Dez novos recordes do Meeting e dois máximos nacionais juvenis femininos é o saldo do V Meeting Internacional da Póvoa de Varzim com a vitória colectiva a pertencer, pelo segundo ano consecutivo, à equipa italiana da Lombardia.

Depois de dois novos recordes da competição, o segundo dia de provas trouxe oito novos máximos: Aaron Opell (Indiana), nos 400 estilos (4:25.14), Erica Buratto (Lombardia), nos 200 livres (2:03.40) e 50 livres (26.42), Mercedes Minguet (Santa Olaya), nos 50 costas (28.36), Marussia Pietrocola (Lombardia), nos 200 estilos (2:18.52), e Susanna Negri (Lombardia), nos 800 livres (8:51.43).

Entre os portugueses, Sara Oliveira (FC Porto/Dolce Vita), já com mínimos para os Mundiais de Xangai, foi a atleta que mais se destacou ao contabilizar três vitórias (50, 100 e 200 mariposa).

Joana Silva (Lousada Século XXI) voltou a bater um novo recorde nacional juvenil, desta feita nos 200 metros costas com a marca de 2:22.61.

Neste segundo dia brilhou também Paula Oliveira (FC Porto/Dolce Vita), jovem promessa da natação nacional, de apenas 14 anos, que se superiorizou à concorrência estrangeira nos 100 bruços ao vencer com o tempo de 1:12.29. Destaque ainda para o triunfo luso obtido por Nuno Quintanilha (Colégio Vasco da Gama), nos 200 mariposa (2:01.41).

A equipa italiana da Lombardia repetiu a vitória colectiva ao somar 1049 pontos, à frente da selecção de Israel com 1003,5 pontos. O FC Porto/Dolce Vita foi a melhor equipa portuguesa ao garantir o terceiro lugar com 700 pontos.

Yakov Toumarkin (Israel), com 790 pontos nos 100 costas (56.17), e Mercedes Minguet (Santa Olaya), com 868 pontos nos 50 costas (28.36), foram os nadadores com melhor performance na competição.

Veja aqui imagens deste segundo dia de competições.