Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

Município dá continuidade à construção da Nova Póvoa. Póvoa Arena apresentada no Dia da Cidade.

O Cine-Teatro Garrett acolheu, ao final da tarde de ontem, a cerimónia de homenagens do 46º aniversário da elevação da Póvoa de Varzim a cidade.

Notícias

Município dá continuidade à construção da Nova Póvoa. Póvoa Arena apresentada no Dia da Cidade.

Póvoa de Varzim, 17.06.2019

O Cine-Teatro Garrett acolheu, ao final da tarde de ontem, a cerimónia de homenagens do 46º aniversário da elevação da Póvoa de Varzim a cidade.

No ano em que se assinalam os 25 anos da celebração do Dia da Cidade, o Presidente da Câmara Municipal quis, além de distinguir os cidadãos escolhidos, apresentar a todos os presentes a Póvoa Arena que fará parte da Nova Póvoa.

A Póvoa Arena, que resulta da demolição da Praça de Touros, terá capacidade para três mil pessoas e o investimento estimado é de sete milhões de euros. No projeto, a nova arena manterá apenas a forma circular, lembrando a praça que ali esteve durante mais de 60 anos. O espaço multiusos e auditório coberto será utilizado para grandes concertos, feiras, conferências, exposições e atividades desportivas e terá zonas de comércio e uma cobertura ventilada. Veja o vídeo de apresentação.

Este projeto apenas vem reforçar a constatação do edil no seu discurso de que “a cidade é cada vez mais competitiva” e “é por isso que quando nós dizemos que «É bom viver aqui» - esta afirmação é mais que um slogan de marketing territorial: é uma realidade, que mais e mais cidadãos constatam.

E sendo a cidade uma construção dos seus cidadãos, a excelência da cidade é expressão do excelente povo que somos. Por isso, o estímulo da participação cidadã é a missão mais elementar de uma gestão inteligente da cidade.

A distinção das pessoas singulares ou coletivas que mais se distinguiram pelo serviço à comunidade num determinado período ou no decurso de uma vida é sobretudo um sinal e um estímulo: há quem esteja atento e valorize o que se faz pela comunidade”.

É o caso de Dionísio Vinagre, Administrador da Varzim Sol, distinguido com a Medalha de Cidadão Poveiro, grau prata, por “prestar à nossa cidade relevantes serviços culturais, através dos quais aprofundou a relação da concessionária da Zona de Jogo com a cidade.

A abertura do Casino à realização de espetáculos com fins solidários e beneficentes, a parceria com o município para a animação das festas a S. Pedro, a oferta da estátua de Fernando Pessoa, a edição do livro “A Igreja de S. Pedro de Rates – um património artístico milenar!” e sobretudo a instituição, desde 2004, do prémio “Casino da Póvoa” (um dos grandes prémios literários portugueses, associado ao “Correntes d’Escritas”) – foi isso, e muito mais, mas sobretudo o empenho e a dedicação com que tudo fez”.

Profundamente agradecido pela distinção, Dionísio Vinagre revelou que “há muito me sentia cidadão poveiro mesmo não o sendo por nascimento” e salientou a relação com o Município baseada no respeito mútuo.

A João Marques, distinguido com a Medalha de Reconhecimento Poveiro, grau prata, quis “o município agradecer tudo quanto fez, e continuará a fazer, pela promoção da Póvoa de Varzim enquanto destino de excelência para a vivência das artes e particularmente da música, de cujo ensino foi figura maior no nosso concelho e na região.

O Dr. João Marques é indissociável da história da nossa Escola de Música (da qual foi fundador, diretor pedagógico e diretor executivo, além de professor), como é indissociável do nosso Festival Internacional de Música (a que está ligado desde a sua criação e onde exerceu, sucessivamente, e até 2018, as funções de diretor executivo, diretor artístico, programador e coordenador-geral), como é indissociável de inúmeras outras iniciativas congéneres na região, para cujo prestígio o seu contributo foi determinante”.

João Marques entende que “transmitir a música é missão de utilidade pública” e daí a sua inteira dedicação a esta missão ao longo de tantos anos da sua vida.

Manuel António Correia Martins, distinguido com a Medalha de Reconhecimento Poveiro, grau prata, “é uma grande referência no domínio da Ortopedia – e o nosso Hospital beneficia, há décadas, do seu conhecimento e da sua dedicação, a ponto de aquela especialidade passar a constituir uma referência clínica emblemática, com a notoriedade que hoje lhe é reconhecida.

Acresce que o Dr. Correia Martins confere à sua profissão uma vertente solidária, integrando uma equipa multidisciplinar que todos os anos presta Serviço Médico nas regiões mais distantes e desfavorecidas do nordeste transmontano, além de ter servido, durante anos e em regime de voluntariado, o Varzim Sport Club.

Correia Martins disse que “a Póvoa, terra milenar, carregada de muitas tradições, teve sempre no seu seio poveiros de grande relevo local e nacional” e enumerou diversas figuras marcantes da nossa terra nas diversas áreas. Falou da sua juventude e da opção que tomou após ter feito a sua licenciatura: “preferi a Póvoa pela qualidade de vida que tem”.

O Presidente da Assembleia Municipal, Afonso Pinhão Ferreira transmitiu que “os nossos homenageados exercem e exerceram a profissão com sentimento e projetaram com o seu prestígio o Município da Póvoa de Varzim. De todos eles ressalta um denominador comum, algo que é inerente a todos e que os qualifica: a arte de viver, olhando mais além de si mesmo. Dr. Dionísio Vinagre prestigiou a sua ocupação, elevando as artes e proporcionando o encontro da população com a cultura; o Dr. Manuel Correia Martins juntou o seu conhecimento médico e experiência política com a sua incomensurável simpatia e emprestou a sua disponibilidade à reutilização da humanidade; o Dr. João Marques foi membro fundador da Escola de Música e um excelso organizador de eventos melómanos e alimentou a Póvoa de Varzim com saborosas e inesquecíveis sobremesas musicais”.

Terminada a cerimónia no Cine-Teatro Garrett, a festa continuou no Casino da Póvoa onde todos puderam visualizar a maquete da Nova Arena.

Veja a fotogaleria e o vídeo.