Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

O ângulo empresarial do futebol debatido no Congresso

Decorre, até ao final do dia de hoje, no Hotel Axis Vermar, o 2º Congresso Empresarial da Póvoa de Varzim, promovido pela Câmara Municipal. O primeiro dia do evento, 25 de outubro, terminou com um jantar conferência, que contou com a participação de cerca de 300 pessoas.

Notícias

O ângulo empresarial do futebol debatido no Congresso

Póvoa de Varzim, 26.10.2018

Decorre, até ao final do dia de hoje, no Hotel Axis Vermar, o 2º Congresso Empresarial da Póvoa de Varzim, promovido pela Câmara Municipal. O primeiro dia do evento, 25 de outubro, terminou com um jantar conferência, que contou com a participação de cerca de 300 pessoas.

O Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Aires Pereira, agradeceu a presença de todos, em tão significativo número, transmitindo que “vocês são o motor do concelho da Póvoa de Varzim e conseguem fazer com que o Município seja, na Área Metropolitana do Porto, aquele que não tem desemprego”.

O edil pediu a colaboração dos empresários para participarem no portal das empresas http://www.empresas.pvarzim.pt/ criado pelo Município e manifestou a disponibilidade da Câmara Municipal para prestar esclarecimentos e apoio.

Emanuel Medeiros, diretor executivo da Sports Integrity Global Alliance (SIGA), foi o convidado para uma conversa moderada por Pedro Azevedo.

O açoreano começou por contextualizar o futebol no mundo empresarial referindo que este tem uma expressão financeira muito importante e um ritmo de crescimento elevado. O português que luta por um futebol europeu mais democrático salientou a grande desregulação no mercado de apostas e nas transações financeiras, transmitindo que exige “integridade e transparência” nos processos. “Há muita hipocrisia e cumplicidade”, denunciou.

O dirigente de primeira linha em instituições do futebol internacional manifestou tratar-se de um problema global que exige uma reforma global.

No que ao nosso país diz respeito, Emanuel Medeiros referiu que o “futebol português tem um problema estrutural” - gastar mais do que deve –, ou seja, “os clubes continuam a viver acima das suas possibilidades”, para além de que “existe em Portugal um sentimento de crispação entre os clubes que afeta o negócio”.

Veja a fotogaleria deste momento do Congresso.

Competitividade e Internacionalização e Liderança Feminina são os painéis desta tarde, a que se segue a sessão de encerramento deste 2º Congresso Empresarial da Póvoa de Varzim.

Acompanhe o congresso no site www.congressoempresarialpovoadevarzim.pt, nas redes sociais em: https://www.facebook.com/congressoempresarialpvz e no Instragam.