Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections

Secretária de Estado visita MAPADI: "viva o amor!"

No âmbito do 1º Campeonato Mundial de Desporto Escolar Adaptado, a Secretária de Estado para a Inclusão de Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, visitou o MAPADI – Movimento de Apoio aos Pais e Amigos do Diminuído Intelectual.

Notícias

Secretária de Estado visita MAPADI: "viva o amor!"

Póvoa de Varzim, 09.07.2019

No âmbito do 1º Campeonato Mundial de Desporto Escolar Adaptado, a Secretária de Estado para a Inclusão de Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, visitou o MAPADI – Movimento de Apoio aos Pais e Amigos do Diminuído Intelectual. 

A governante foi desafiada pelo Vice-Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Luís Diamantino, a estar presente na Cerimónia Oficial de Abertura desta competição quando se deslocou à Póvoa de Varzim para a apresentação do Balcão da Inclusão. Ana Sofia Antunes aceitou o desafio e afirmou que não faria sentido regressar à cidade e não visitar o MAPADI.

A Secretária de Estado foi recebida com uma atuação da Rusga do MAPADI, pelo Presidente da Direção da instituição, António Ramalho, e por Luís Diamantino. Ana Sofia Antunes enalteceu a forma como o MAPADI acompanha a vida da pessoa com deficiência, desde a infância até à velhice. As residências autónomas da instituição, situadas em Terroso, foram sobejamente elogiadas pela governante: “sempre que possível devemos tentar que as pessoas com deficiência vivam o mais autónoma e livremente possível dispondo, obviamente, dos serviços de retaguarda que lhes são imprescindíveis”. Quando interrompida por António Ramalho para acrescentar que algumas das residências autónomas são ocupadas por casais, Ana Sofia Antunes não escondeu o seu agrado: “viva o amor!”.

“Esta amplitude de respostas envolve uma avultada quantia dispensada pela Segurança Social mas que nos parece ser esta a melhor forma de a aplicar: apoiar quem está no terreno, perto das pessoas, quem conhece as verdadeiras necessidades e as especificidades da comunidade”, sublinhou.

Luís Diamantino afirmou que não é possível pensar na Póvoa de Varzim sem pensar no MAPADI, uma instituição que a comunidade abraça com grande carinho. “Esta é uma casa extraordinária que procura fazer sempre mais e melhor em prol das pessoas com deficiência”.

Veja a fotogaleria.