Adoptamos deliberadamente, o disposto nas “Bases do  Enquadramento Jurídico do Voluntariado”[1], no acto de definir o que entendemos por Voluntariado:

1. É o conjunto de acções de interesse social e comunitário, realizadas de forma desinteressada por pessoas, no âmbito de projectos, programas e outras formas de intervenção ao serviço dos indivíduos, das famílias e da comunidade, desenvolvidos sem fins lucrativos por entidades públicas ou privadas.

2. Não são abrangidas pela presente Lei as actuações que, embora desinteressadas, tenham um carácter isolado e esporádico ou sejam determinadas por razões familiares, de amizade e de boa vizinhança.


 

[1] art.º 2.º da Lei n.º 71/98, de 3 de Novembro.