Dois livros, uma revista, uma conversa e um filme

Dois livros, uma revista, uma conversa e um filme

Dois livros, uma revista, uma conversa e um filme: foi esta a proposta para a noite de ontem no âmbito da 20ª edição do Correntes d’Escritas.
Será a Poesia o caminho da salvação e da humanização?

Será a Poesia o caminho da salvação e da humanização?

“Poema de um livro destruído” foi dito na íntegra por Aurelino Costa para dar início à Mesa 6, com o título “Como é estranho não saber”, precisamente um verso extraído daquele poema de Sophia de Mello Breyner.
Retratos de Alex Gozblau foram tema de conversa

Retratos de Alex Gozblau foram tema de conversa

Tiago Gomes, Uberto Stabile e Gilda Nunes Barata foram os protagonistas de uma conversa que decorreu, ontem à tarde, a propósito da exposição “Vidas de Papel” de Alex Gozblau, patente na sala Grades das Galerias Euracini 2.
Até que ponto não é hoje a incultura um centro de afirmação de poder?

Até que ponto não é hoje a incultura um centro de afirmação de poder?

A sala de atos do Cine-Teatro Garrett foi pequena para acolher os interessados em ouvir Álvaro Laborinho Lúcio, esta tarde, numa conversa conduzida por Carlos Vaz Marques.
Lançamentos de livros nas galerias da cultura e das correntes de arte

Lançamentos de livros nas galerias da cultura e das correntes de arte

As Galerias Euracini 2 foram um local repleto de leitores, esta tarde de quinta-feira, a propósito de várias atividades desta 20ª edição do Correntes d’Escritas.
Ondjaki e Afonso Cruz foram entrevistados por pequenos jornalistas na escola E.B. 2/3 de Aver-o-Mar

Ondjaki e Afonso Cruz foram entrevistados por pequenos jornalistas na escola E.B. 2/3 de Aver-o-Mar

Todos os anos alguns escritores vão até às escolas do 1º do concelho, no âmbito de uma das iniciativas paralelas do Correntes d’Escritas, o Correntes d’Aprender. O objetivo desta iniciativa é levar o Correntes d’Escritas aos mais novos, num ambiente que lhes é familiar, a escola.
“Obra Aberta” na Rádio Renascença com o som de fundo de Correntes d’Escritas

“Obra Aberta” na Rádio Renascença com o som de fundo de Correntes d’Escritas

O programa da Rádio Renascença “Obra Aberta” foi gravado mais uma vez durante o Correntes d’Escritas.
Mesa de músicos debruça-se sobre a ofensa

Mesa de músicos debruça-se sobre a ofensa

Não te ofenderei com poemas foi o tema que reuniu à Mesa apenas músicos: Aldina Duarte, Amélia Muge, Mafalda Veiga, Mû Mbana e Uxía. 
Apresentação do projeto “Compostela Literária” e quatro lançamentos de livros marcaram a manhã do terceiro dia

Apresentação do projeto “Compostela Literária” e quatro lançamentos de livros marcaram a manhã do terceiro dia

O Cine-teatro Garrett volta a abrir as portas, para o terceiro dia do Correntes d’Escritas. Este ano, as Galerias Euracini 2 também são o palco de muitas conversas, lançamentos e outras atividades.
“Hoje, a melhor maneira de recomeçar o mundo é com a poesia”

“Hoje, a melhor maneira de recomeçar o mundo é com a poesia”

O verso “Nesta manhã eu recomeço o mundo” foi o tema da Mesa 4 que esta manhã reuniu Abraão Vicente, Cesáreo Sánchez Iglesias, Cristina Carvalho, Joana Bértholo e Nuno Júdice, com moderação de Michael Kegler.
Noite de poetas e músicos no Vermar

Noite de poetas e músicos no Vermar

A noite de quarta-feira foi animada no Hotel Axis Vermar com apresentação de três livros e um momento musical junto ao bar da mesma unidade hoteleira da Póvoa de Varzim. Mas o serão cultural iniciou-se, logo a seguir ao jantar, com a sessão Correntes Ícone.
Não nos podemos calar

Não nos podemos calar

“Porque os outros se calam mas tu não” foi o mote perfeito para a conversa entre Pilar Del Río e Ignácio de Loyola Brandão e moderada por Valter Hugo Mãe.
“Uma Furtiva Lágrima” de Nélida Piñon apresentado nas Correntes

“Uma Furtiva Lágrima” de Nélida Piñon apresentado nas Correntes

Leonor Xavier e José Carlos Vasconcelos apresentaram o novo livro de Nélida Piñon, “Uma Furtiva Lágrima” (Temas e Debates/Círculo de Leitores), na sessão de Correntes à Conversa de quarta-feira, 20, que aconteceu na Sala de Atos do Teatro Garrett, às 17h00.
Cinco livros apresentados, esta tarde, no Correntes

Cinco livros apresentados, esta tarde, no Correntes

A sala Poesia das Galerias Euracini 2 acolheu esta tarde o lançamento de três livros no âmbito do 20º Correntes d’Escritas.
"Num mundo tão individualista e sacana a nossa poesia faz sentido?”

"Num mundo tão individualista e sacana a nossa poesia faz sentido?”

“Tão nítido e preciso era o vazio” foi o tema da Mesa 3 da 20ª edição do Correntes d’escritas.
A manhã do segundo dia do Correntes d’Escritas contou com o lançamento de quatro livros

A manhã do segundo dia do Correntes d’Escritas contou com o lançamento de quatro livros

Esta manhã, na Sala de Poesia, nas Galerias Euracini 2 foram lançados os dois livros editados pelo Município da Póvoa de Varzim, d’escritas 1 dia e o dicionário Palavras Correntes.
Escritores partilharam vida e escrita na ESRP

Escritores partilharam vida e escrita na ESRP

E porque no Correntes d’Escritas todas as expressões artísticas se fundem, foi com música e dança que a Escola Secundária Rocha Peixoto recebeu, esta manhã, os escritores convidados.
O poder das palavras destacado pelos escritores na Mesa 2

O poder das palavras destacado pelos escritores na Mesa 2

O poder das palavras e a palavra como construto da mente e da consciência humana, a Literatura como esperança para o futuro da Humanidade, foram algumas das ideias transmitidas na Mesa 2, intitulada “O homem soube de si pela palavra”.
Livros e música na primeira noite do 20º Correntes d'Escritas

Livros e música na primeira noite do 20º Correntes d'Escritas

Ontem à noite, a sala Poesia das Galerias Euracini 2 acolheu o lançamento de duas obras: um conto de Ana Margarida de Carvalho, Primeira Linha de Fogo, e um livro de poesia de Ivo Machado e Pedro Teixeira Neves, Uma Vírgula Depois.
Helder Macedo lançou dois livros

Helder Macedo lançou dois livros

O primeiro dia oficial do 20º Correntes d’Escritas contou com o lançamento de dois livros de Helder Macedo: Cada Um Com o Seu Contrário Num Sujeito e 800 anos de Literatura.
Ver mais