O Presidente da Câmara Municipal referiu que os valores apresentados representam bem a boa saúde financeira e a notável capacidade de execução do Município. Pode consultar todos os dados discriminados do Relatório de Gestão e Contas aqui.

A Assembleia aprovou a celebração de protocolo de comunidade irmã com a cidade galega de A Guarda. Os Municípios da Póvoa de Varzim e de A Guarda vêm dando expressão pública oficial a esta relação, que as duas comunidades, através dos seus núcleos piscatórios, cultivam, de forma historicamente comprovada, desde o século XVI. Os dois municípios vêm concretizando, sobretudo desde 1991, iniciativas de intercâmbio cultural que acrescentam visibilidade à relação de irmandade entre os dois povos. A Guarda vem agora juntar-se às três cidades com quem a Póvoa de Varzim mantém relações de geminação, Montgeron (França), Eschborn (Alemanha) e Zabbar (Malta).

Foi aprovada a Minuta do Contrato-Programa a celebrar com a Fábrica da Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Conceição com vista a assegurar o custo da empreitada, até ao valor máximo de 474.430,84 €, de conversão do atual edifício na Rua de S. Pedro em Casas Mortuárias. Este protocolo enquadra-se numa aposta por parte da autarquia na requalificação do nosso centro histórico, sendo o mais recente exemplo disso mesmo o investimento de cerca de 145 mil euros no prolongamento da Rua da Moita.  

Esta obra, iniciada no verão do ano passado, vai permitir a criação de melhores condições de circulação, escoando melhor o tráfego rodoviário, e a ligação à Via General Humberto Delgado e ao Cemitério, aumentando ainda a capacidade de aparcamento automóvel, através da criação de novas zonas de estacionamento ao longo da via. De futuro, e com a conversão do edifício visado no atual protocolo, abrir-se-á uma nova praceta a norte da Igreja Matriz que trará mais dinamismo e enquadramento a esta zona da cidade.