Cerca de 30 pessoas, de diferentes gerações, aceitaram o desafio desenvolvido no âmbito do FUTURO – projeto das 100.000 árvores na Área Metropolitana do Porto, promovido pelo Centro Regional de Excelência (CRE) Porto em colaboração com a Câmara Municipal da Póvoa de Varzim.

Loureiros, freixos, ulmeiros, pilriteiros, medronheiros e pinheiros-mansos foram as espécies plantadas em cinco locais distintos do Parque da Cidade.

O FUTURO – projeto das 100.000 árvores na Área Metropolitana do Porto – é um esforço planeado e coordenado de várias organizações e cidadãos com o objetivo de criar florestas urbanas nativas nesta região, que precisa de enriquecer a sua biodiversidade, sequestrar carbono, melhorar a qualidade do ar, proteger os seus solos e contribuir para uma melhor qualidade de vida das pessoas. Por isso resume-se numa palavra – FUTURO. Porque não existe futuro sem árvores.