Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Inovar no Presente,
Garantir o Futuro!

Sections
Destaque

Um Realismo Cosmopolita: em torno do Grupo KWY

“Um Realismo Cosmopolita em torno do grupo KWY” está inspirada no modelo cosmopolita da Revista KWY publicada entre 1958 e 1964 e apresenta uma seleção de obras e publicações de artistas, que colaboraram no projeto editorial, como António Areal, Jorge Martins e o estrangeiro Raymond Hains. Esta exposição demonstra como, os acontecimentos e objetos do quotidiano, assim como, a sociedade de consumo pretende chegar a todos os lados e são um sinal, de como, a arte pode estar colocada no centro dos acontecimentos socioculturais. Este projeto (KWY) desenvolveu-se em Paris, com a ajuda dos seguintes artistas portugueses: Lourdes Castro, Réné Bertholo, António Costa Pinheiro, João Vieira, José Escada e Gonçalo Duarte. O grupo foi responsável pela abertura da arte portuguesa ao contexto internacional, que deu impulso a um dos períodos mais estimulantes da cultura europeia do século XX.

Agenda

Um Realismo Cosmopolita: em torno do Grupo KWY

DATA: Até 11 de março
LOCAL: Cine-Teatro Garrett

“Um Realismo Cosmopolita em torno do grupo KWY” está inspirada no modelo cosmopolita da Revista KWY publicada entre 1958 e 1964 e apresenta uma seleção de obras e publicações de artistas, que colaboraram no projeto editorial, como António Areal, Jorge Martins e o estrangeiro Raymond Hains. Esta exposição demonstra como, os acontecimentos e objetos do quotidiano, assim como, a sociedade de consumo pretende chegar a todos os lados e são um sinal, de como, a arte pode estar colocada no centro dos acontecimentos socioculturais. Este projeto (KWY) desenvolveu-se em Paris, com a ajuda dos seguintes artistas portugueses: Lourdes Castro, Réné Bertholo, António Costa Pinheiro, João Vieira, José Escada e Gonçalo Duarte. O grupo foi responsável pela abertura da arte portuguesa ao contexto internacional, que deu impulso a um dos períodos mais estimulantes da cultura europeia do século XX.