Passar para o conteúdo principal

Póvoa de Varzim, 17.05.2013 - O Município da Póvoa de Varzim realizou, ontem à tarde, a sessão de apresentação da Época Balnear 2013 dirigida aos 41 concessionários que, de 15 de junho a 15 de setembro, têm a responsabilidade de cuidar da sua praia.

 

Aires Pereira, Vice-Presidente e Vereador do Pelouro do Ambiente da Câmara Municipal, recordou que “este ano foram-nos atribuídas mais duas Bandeiras Azuis (Paimó e Fragosa) e fomos o único concelho a nível nacional a consegui-lo. Com este galardão credibilizamos a ida à praia, que está com boas condições, quer a nível dos equipamentos quer na forma como os nossos concessionários têm vindo a receber as pessoas”, garantiu.

A atribuição de Bandeira Azul à praia da Fragosa obriga a uma intervenção de emergência para melhorar a zona de estacionamento e criar melhores acessos à praia, informou.

Quanto às questões ambientais, nomeadamente as saídas das águas pluviais, está tudo encerrado nesta altura de forma a garantir a boa qualidade das nossas águas balneares, uma componente muito importante na atribuição da Bandeira Azul, esclareceu o autarca.

De modo a garantir maior segurança e vigia nas zonas concessionadas, o Município da Póvoa de Varzim irá disponibilizar três bicicletas e a PSP os agentes para o efeito, transmitiu.

O Vice-Presidente revelou que a campanha “Esta é a minha Praia! Póvoa de Varzim – Uma Praia para Todos” (lançada em 2010) voltará às rádios e jornais regionais, em todo o norte, e será alargada até à zona de Régua e Chaves que sempre foram zonas que ao longo dos tempos áureos da nossa praia tiveram como destino a Póvoa de Varzim.

esta é a minha praia!13

Aires Pereira considera que “a atual crise poderá ser uma oportunidade para a Póvoa, revelando que já o ano passado aconteceu isso, “os próprios concessionários sentiram que houve mais pessoas”. O objetivo principal mantém-se: “fazer com que venha mais gente ao nosso concelho”.

Silva Rocha, comandante da Capitania da Póvoa de Varzim e Vila do Conde, referiu que a organização montada, que já vigora há alguns anos, permite uma estabilidade tanto ao nível do dispositivo de salvamento que é garantido quase em exclusivo pel’Os Delfins, quer as próprias associações de concessionários que estão já implantadas há algum tempo, o que permite uma estabilidade em termos organizacionais. Apesar da Circular que regula todas as questões da época balnear ainda não ter saído, está decorrer normalmente a sua preparação, garantiu.

O comandante relembrou alguns aspetos que não podem ser esquecidos pelos concessionários referindo-se ao Enquadramento legal; Organização; Segurança – Vigilância, Socorro e salvamento; Responsabilidades dos concessionários; Regras de Segurança e Recomendações. O Comandante referiu que irá manter o mesmo modelo funcional e organizacional de anos anteriores e que conta com a colaboração do Município, dos Delfins, dos concessionários e do IPTM para cumprir os seguintes objetivos: reduzir ocorrência de acidentes graves; melhor segurança; satisfação do banhista e bom funcionamento das praias e banhos.

São os concessionários os responsáveis por limpar e alinhar o areal, cuidar da sinalização e delimitação da zona de apoio balnear, retirar, no fim da época balnear, todos os equipamentos, deixando apenas os apoios mínimos, entre outros. São ainda obrigados a, no âmbito da informação ao banhista, afixar o Edital de Praia (que este ano será completamente alterado devido à alteração da legislação) e as informações sobre a qualidade da água, que será monitorizada pela ARH, pela Delegação de Saúde e ainda pela Câmara Municipal, nas praias das áreas designadas. O Comandante relembrou que cabe também aos concessionários a aquisição, instalação e manutenção dos materiais de vigilância e socorro e também a contratação do nadador-salvador, que deve dar assistência permanente ao banhista das 9h30 às 19h30. Este ano a Póvoa contará, para além dos nadadores-salvadores, com embarcações de pequeno porte, mota de água, bote dos concessionários, moto 4×4 e, talvez, moto 4×4 dos concessionários.

Os concessionários são sujeitos a vistorias, em que são avaliados parâmetros como a limpeza do areal, o estado das instalações, a documentação, o contrato com o nadador-salvador, entre outros aspetos. Por isso, o alerta foi deixado pelo Município para que todos cumpram os seus deveres e tenham tudo em conformidade.

Tópicos
Aviso: Procissão em Honra de Nossa Senhora da Saúde – alterações ao trânsito automóvel

No dia 7 de agosto, vai realizar-se, em Laúndos, a Procissão em Honra de Nossa Senhora da Saúde.

Neste sentido, a partir das 15h00 deste dia, e até ao termo da Procissão, é interdita a circulação de trânsito, de todos os veículos, nas seguintes artérias freguesia de Laúndos: Rua do Comendador Aventino Fernandes Laje, Rua do Recreio, Rua Manuel Gomes Coelho Júnior, Rua de S. Miguel, Avenida Senhora da Saúde e Rua Monsenhor Pires Quesado.