“Por entre as sombras do arvoredo. Esta frase, de um poema de Fernando Pessoa, foi o mote para esta entrada no bosque cerrado dos sentidos, no encantamento do que soando, vindo do escuro, se faz caminho por entre pequenos trilhos.

Sentem-se! E escutem!

Fugindo da exuberância do que mais facilmente se deixa ver, aqui se procura um lugar à sombra, uma penumbra quieta, dentro de nós!

Que coisas o escuro busca? Que múltiplos sentidos se entrelaçam nesta arquitetura de manchas?

Sentem-se! E escutem!

Um diálogo de sombras num bosque de arremedos. Sinais da noite mais escura.

Memórias de desertos entre desertos.

Amélia Muge, cantora, autora- compositora, tem tido um trabalho muito diversificado na música portuguesa, quer em termos dos estilos que abrange e das linguagens utilizadas quer pelo seu envolvimento na composição para outros músicos quer ainda na sua interação com outras áreas artísticas como o teatro e a dança. Personalidades como Hélia Correia têm escrito para composições suas. Poetas como Ramos Rosa, disseram dela: Ela canta. Ela canta. É uma voz da terra, é uma voz das veias (…).

Os seus dois últimos álbuns demonstram bem a sua diversidade: Periplus, Deambulações luso-gregas em parceria com o grego Michales Loukovikas (2012) e Amélia com versos de Amália (2015).

Filipe Raposo é um dos pianistas mais notáveis da nova geração, acumulando ainda o trabalho de composição, arranjador e diretor artístico de numerosos projetos musicais que incluem o teatro e o cinema. Lançou o seu último CD: Inquietude o ano passado, composto em Estocolmo a quando da sua permanência naquela cidade para os seus estudos de mestrado.

Sentem-se! E escutem!”

O preço das entradas é 12€ (Plateia); 10€ (Balcão e Camarotes). Os bilhetes à venda no Cine-Teatro Garrett, BOL – Bilheteira Online https://cine-teatrogarrett.bol.pt/ e lojas FNAC, Worten e CTT.