Passar para o conteúdo principal

Maquilhadas, de vestido e saltos altos, as atletas que, semana após semana, nos habituámos a ver nas fotografias das notícias no Portal Municipal, estavam quase irreconhecíveis. Os rapazes não fizeram por menos e, também muito elegantes, compareceram na Gala do Desporto Poveiro, na passada sexta-feira, no Cine-Teatro Garrett.

De facto, a noite foi de celebração e os equipamentos desportivos ficaram em casa. Afinal, esta foi a primeira vez que a Câmara Municipal distinguiu tantos atletas (perto de 180), prova de que o desporto na Póvoa de Varzim está bem e recomenda-se.

O Presidente da autarquia, Aires Pereira, confidenciou que “enquanto esta festa decorria, lembrava-me do tempo em que eu jogava andebol no Clube Desportivo da Póvoa ou fazia vela no Clube Naval Povoense e das infraestruturas disponíveis. Não havia marina, não havia piscinas cobertas, não havia mais nenhum pavilhão e o movimento associativo era ténue. Hoje, podemos desafiar-vos a dizer qual o concelho no país que tem um movimento tão rico, envolvendo tantos atletas, tantos clubes e tantas associações. Isto deve-se a todas as pessoas que disponibilizam o seu tempo e se dedicam ao desporto. Lembrava-me, também, do percurso que fizemos a nível das infraestruturas, aquilo que é hoje a realidade do nosso concelho, onde se pode praticar quase todas as modalidades, quer na água, no mar, modalidades de pavilhão ou ao ar livre”.

Para Aires Pereira, “a grande marca distintiva do movimento desportivo na Póvoa de Varzim é ser, no distrito do Porto, o concelho com menor taxa de toxicodependência”.

O Presidente da Câmara Municipal enfatizou que “esta homenagem aos atletas deve ser extensiva àqueles que hoje, injustamente, não puderam estar aqui, que não tinham lugar dentro desta sala, mas são eles que fazem acontecer o desporto na Póvoa de Varzim: os pais. É devido aos pais que, no futuro, e graças também a esta vida saudável dos nossos jovens, teremos uma sociedade mais equilibrada e participativa”.

Aires Pereira prometeu, por isso, “que a próxima Gala não será no Cine-Teatro Garrett. Esta sala, infelizmente, só tem capacidade para pouco mais de 450 pessoas. Penso que este momento deve ser partilhado com todos aqueles que permitiram aos atletas serem os melhores. Fazem aqui falta os pais e os colegas que permitiram que estes atletas tivessem distinções, até para que isto sirva de exemplo e incentivo para que todos percebam que, um dia, também podem pisar este palco em função daquilo que fazem e em função da sua dedicação ao desporto”.

Para o Presidente da Câmara Municipal, os atletas homenageados são dotados de raça poveira. Ter raça poveira é ser provido de sentimento de luta, de sofrimento que está marcado no ADN dos poveiros. É assim no mar, é assim em terra e é assim no desporto. Antes quebrar que torcer”.

A Rui Costa, Campeão do Mundo de ciclismo, foi-lhe entregue a Medalha de Reconhecimento Poveiro, grau prata. Por impossibilidade profissional, o atleta não pôde estar presente no Dia da Cidade, em junho. Para Aires Pereira, “Rui Costa é o exemplo da raça poveira: alguém que nunca desiste, que vai sempre até ao limite, mas alguém que continua a ser a mesma pessoa que era no primeiro dia, não se esquece das suas origens, da sua Póvoa e da sua Aguçadoura e do esforço que, também todos vós, fazem pelo desporto poveiro”.

Rui Costa dedicou esta distinção aos seus pais: “eles é que deveriam estar neste palco. Ensinaram-me tudo o que sei e sem o seu amor e dedicação não era, de certeza, o homem que sou hoje. Por tudo aquilo que têm feito ao longo da vida e por todo o apoio que me têm dado, dedico-lhes esta Medalha.

A noite foi abrilhantada com quatro atuações, da União Poveira de Karaté, do Centro de Karaté Aguçadourense e das academias Artedança e Gimnoarte, todos homenageados naquela noite. Além da dança e do karaté, subiram ao palco, para receberem as distinções, também atletas de atletismo, basquetebol, ciclismo, futebol de praia, futevólei, futsal, hóquei em patins, natação, pólo aquático, ténis de mesa e voleibol.

Consulte o nome e o palmarés dos atletas.

Tal como prometido pelo Presidente da Câmara Municipal, “a próxima Gala será no Pavilhão Municipal e faremos uma festa com a dignidade merecida”.

Até para o ano.

Veja as fotogalerias.

Aviso: Procissão em Honra de Nossa Senhora da Saúde – alterações ao trânsito automóvel

No dia 7 de agosto, vai realizar-se, em Laúndos, a Procissão em Honra de Nossa Senhora da Saúde.

Neste sentido, a partir das 15h00 deste dia, e até ao termo da Procissão, é interdita a circulação de trânsito, de todos os veículos, nas seguintes artérias freguesia de Laúndos: Rua do Comendador Aventino Fernandes Laje, Rua do Recreio, Rua Manuel Gomes Coelho Júnior, Rua de S. Miguel, Avenida Senhora da Saúde e Rua Monsenhor Pires Quesado.