Passar para o conteúdo principal

No dia 14 de julho, segunda-feira, o FIMPV apresenta o agrupamento vocal Stile Antico. O espetáculo terá lugar na Igreja Matriz, às 21h45.

O agrupamento britânico regressa ao FIMPV para interpretar obras intrinsecamente ligadas a três dos mais famosos monarcas da família dos Habsburgos: o Imperador Maximiliano, que expandiu o império; o seu neto Carlos V, que reuniu os mais refinados compositores espanhóis e flamengos da época; e Carlos II que casou com a Rainha Mary de Inglaterra. Vamos deparar com coroações, celebrações e funerais, percorrendo ao longo do programa uma colorida e cosmopolita história da música, desde as mais simples canções de Josquin e Gombert aos intrincados rendilhados góticos de Heinrich Isaac, e da atraente expressividade dolorosa de Alonso Lobo à exuberância e grandiosidade de Morales e do inglês Thomas Tallis.

Stile Antico é um agrupamento de jovens cantores britânicos hoje considerado como um dos mais originais e excitantes na sua categoria. Premiados pelo Concurso ‘Early Music Network International Young Artists’ de 2005, o grupo é muito solicitado, atuando regularmente em toda a Europa e América do Norte. As suas gravações na etiqueta ‘harmonia mundi’ gozaram de imenso sucesso, obtendo vários galardões, incluindo o ‘Diapason d’Or de l’Année’ e o ‘Preis der Deutschen Schallplattenkritik’; o seu álbum de estreia, Music for Compline, foi proposto para um GRAMMY Award.

Trabalhando sem director musical, os membros de Stile Antico ensaiam e apresentam-se como músicos de câmara, cada um contribuindo artisticamente para o resultado musical. As suas atuações têm sido repetidamente elogiadas pela vitalidade e empenho, lucidez expressiva e resposta imaginativa ao texto. O repertório do Stile Antico inclui o glorioso legado dos compositores ingleses do período e estende-se às escolas flamengas e espanholas e à música do primeiro Barroco. O agrupamento é regularmente convidado para dirigir cursos na International Summer School, de Dartington. É o ‘Ensemble in Residence’ na Universidade de Buckingham, estando encarregado de desenvolver as tarefas educativas.

Recentes atuações de Stile Antico incluem estreias nos BBC Proms, séries de concertos esgotados no Wigmore Hall, no Concertgebouw de Amsterdam, em Boston, Bruges e nos Festivais de Música Antiga de Utreque, e a estreia mundial da obra Woefully Arrayed de John McCabe, no Three Choirs Festival. O grupo fez amplas digressões com Sting, apresentando-se por toda a Europa, Austrália e Extremo-Oriente, como parte do projecto Songs from the Labyrinth (canções para alaúde de Dowland). Muito solicitado para concertos, os mais recentes contratos de Stile Antico incluíram os BBC Proms, Bozar, Wigmore Hall, Cité de la Musique, e Amsterdam Concertgebouw, apresentações em Canterbury, Festivais Tage Alter Music, de Regensburg, Festival de Granada, bem como digressões na França, Alemanha, Irlanda, Bélgica, Estados Unidos, Líbano e México, e prestigiados recintos dos Estados Unidos e Canadá.

Por sua vez, a Igreja Românica de S. Pedro de Rates irá acolher a atuação do Quarteto Verazin, no dia 15 de julho, terça-feira, às 21h45.

O Quarteto de Cordas residente do Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim (FIMPV) apresentou-se oficialmente pela primeira vez em julho de 2007. Participou em diversas masterclasses, nomeadamente com os eminentes quartetos de cordas Prazak, Fine Arts, Pavel Haas e Ardeo, inseridas no FIMPV (edições de 2007, 2010, 2012 e 2013). Trabalhou com Vladimir Mendelssohn e Jacek Klimkiewicz, na Folkwang Hochschule de Essen. Tem sido orientado pelos Professores Ryszard Wóycicki, Ana Bela Chaves e Radu Ungureanu. O agrupamento dedica-se à divulgação do riquíssimo repertório que muitos dos mais reputados compositores escreveram para quarteto de cordas (já interpretou em público obras de Haydn, Beethoven, Schubert, Mendelssohn, Dvorák, Debussy, Ravel, Shostakovich, Brahms e Borodin). Em estreia mundial, apresentou em Julho de 2008 o Quarteto nº 2 – “Movimentos do Subsolo”, de António Pinho Vargas, obra encomendada pelo FIMPV e gravada posteriormente em Outubro do mesmo ano (o respetivo CD foi lançado em 2009). Também em estreia mundial, apresentou em Julho de 2009 a obra “Verazin nº 1” expressamente encomendada pela 31ª edição do FIMPV ao compositor Carlos Azevedo. A formação insere-se regularmente na programação do FIMPV, desde 2007. Na presente temporada, é constituído por Diogo Coelho (1º violino), Mário Siegle (2º violino), Fábio Vidago (violeta) e Ana Luísa Marques (violoncelo). Participou nos “Dias da Música” de 2013 (Centro Cultural de Belém) e nas Semanas da Música 2013 (39º Festival Internacional de Música do Estoril). É regularmente convidado a participar em diversas atividades socioculturais no concelho da Póvoa de Varzim.

Informações:

A conferência e os espetáculos incluídos em “Manifestações Paralelas” são de entrada livre.

O preço dos bilhetes avulso para jovens até aos 25 anos e pessoas com mais de 65 é €4,00 e os bilhetes avulso normais custam €6,00.

Se pretender fazer aquisição dos mesmos em Grupo (mínimo de 4 bilhetes) tem o custo de €4,00 (cada) e a Assinatura (série de 15 bilhetes para os quinze espetáculos) de €25,00 com oferta de brochura.

Poderá adquirir os bilhetes nos seguintes locais: Serviço de Turismo da Póvoa de Varzim (desde 1 de julho, das 09h00 às 19h00, de segunda a sexta-feira; aos sábados e domingos, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00); Secretariado do Festival (desde 1 de Julho, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 (de segunda a sexta-feira), na receção ou através do telefone 252 614 145 ou segunda a domingo: 14h00 às 20h00 através do telemóvel 939 751 434 (só para reserva de bilhetes) e ainda Auditório Municipal, Cine-Teatro Garrett, Igrejas Matriz, Misericórdia e Românica de S. Pedro de Rates, no próprio dia de cada espetáculo, a partir das 20h30.

Acompanhe a 36ª edição do Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim no portal municipal.

Tópicos
Procissão de Nossa Senhora do Rosário: trânsito condicionado

No dia 9 de outubro, a Póvoa de Varzim recebe a procissão em honra de Nossa Senhora do Rosário.

Importando garantir adequadas condições de segurança dos arruamentos integrados no trajeto da mesma, o Município alerta a população para os condicionamentos de trânsito no dia da procissão, a partir das 16h00.

Assim, estará interdita a circulação de trânsito e o estacionamento de todos os veículos nas seguintes artérias da cidade: Rua da Igreja, Rua do Visconde, Largo Eça de Queirós, Praça do Almada, Rua Dr. Sousa Campos, Praça da República, Rua da Junqueira, Largo Dr. David Alves, Rua da Alegria, Avenida Mouzinho de Albuquerque, Largo das Dores e Rua de S. Pedro.

Noite de Fado na Fonte da Bica: alterações ao trânsito automóvel

No dia 1 de outubro, o Grupo Recreativo Estrela do Bonfim vai realizar a Noite de Fado na Fonte da Bica.

De modo a garantir as adequadas condições de segurança dos arruamentos integrados no decorrer do espetáculo, o Município alerta a população para a interdição da circulação de trânsito automóvel na Rua Fonte da Bica, entre as 21h30 e as 23h30 de amanhã.