Até 2019, o grupo escolhido será o responsável pelas atividades da Juvenorte, nomeadamente a Festa da Sardinha e a participação nas Festas de S. Pedro, organizadas pelo município. O autarca enalteceu a presença dos presidentes de outras associações poveiras naquela tomada de posse: “revela o bom espírito quer de quem os convidou, quer daqueles que aceitaram o convite”. Aires Pereira elogiou José Moita, Presidente da Juvenorte, pelo seu sentido de responsabilidade, por entender o que outros, até bem mais jovens, se recusam a entender e porque não conhece o significado da palavra desistir.

Quanto ao S. Pedro, o Presidente da Câmara anunciou que o espetáculo das Rusgas, no Estádio do Varzim, vai acontecer no sábado, dia 1 de julho, e não no domingo, como tem sido habitual. E ainda sobre as Festas da Cidade, o autarca sublinhou que “o reconhecimento nacional tardou, mas chegou. O ano passado tivemos as transmissões do Porto Canal e da RTP o que fez com que o S. Pedro fosse visto em todo o mundo”. Sobre a participação da Juvenorte nas Festas da Cidade, Aires Pereira perguntou “o que seria sem do S. Pedro sem a Juvenorte?”.

José Moita, eleito mais uma vez como Presidente da Direção, explicou que o trabalho para o S. Pedro irá começar em breve e apelou aos sócios que unissem esforços para manter a Juvenorte como uma associação credível.