Para a construção deste equipamento social, o Centro Social e Paroquial de Navais candidatou-se ao Plano de Recuperação e Resiliência à tipologia “Requalificação e Alargamento da Rede de Equipamentos e Respostas Sociais” e a candidatura foi aprovada. O Centro Residencial Divino Salvador vai disponibilizar as seguintes respostas sociais: Estrutura para Pessoas Idosas (ERPI), com 40 vagas; Centro de Dia (CD), com 25 vagas e Serviço de Apoio Domiciliário (SAD), com 30 vagas.

Na sua intervenção, Aires Pereira fez questão de lembrar que, a pedido do Padre Pedro Amorim em 2021, a Câmara Municipal disponibilizou 300 mil euros para a aquisição do terreno onde este Centro Residencial será construído. À semelhança do que tem sido feito com outras instituições de apoio social em todo o concelho, o Presidente da Câmara anunciou que, em breve, será assinado um contrato-programa através do qual o Município se dispõe a financiar parte da verba necessária à construção deste equipamento, mas que não se encontra coberta pelo PRR.

Por isso, fez um apelo para que toda a comunidade e associações da freguesia se mobilizem, pois, “ninguém está dispensado de colaborar”, uma vez que “estamos a investir no futuro da comunidade”. Aires Pereira sensibilizou, ainda, as empresas envolvidas no projeto para que “as dificuldades sejam transformadas em oportunidades” e haja “espírito de entreajuda e partilha”, uma vez que as metas são muito apertadas, com a obra a ter que ficar concluída em março de 2026.

Estiveram ainda presentes nesta cerimónia, Carlo Nino, Diretor de Unidade no Instituto da Segurança Social – Porto, o Arcipreste Póvoa de Varzim/Vila do Conde, Padre Manuel Casado Neiva, em representação do Arcebispo Primaz de Braga, e o Presidente do Centro Social e Paroquial de Navais, Cónego Abílio Brito, que agradeceu a disponibilidade e apoio da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim para a construção deste equipamento. 

FOTOGALERIA