Passar para o conteúdo principal

A última Assembleia Municipal deste ano decorreu entre quinta e sexta-feira, no Cine-Teatro Garrett, em clima muito favorável e de consenso, com a aprovação de todos os pontos da agenda, de entre os quais merece especial destaque a aprovação do orçamento para o ano 2021.

Embora as restrições impostas pela pandemia tenham levado a que a sessão se desdobrasse em dois dias, o seguimento normal da Assembleia Municipal em nada foi afetado; pelo contrário, e como referiu o Presidente da Câmara Municipal, “acabamos o ano com a sensação de que as pessoas se sentem identificadas com o nosso projeto e com os investimentos feitos. O clima que vivemos na Póvoa e nesta Assembleia é o espelho da governação que tivemos até hoje e é este o caminho que continuaremos a traçar até ao final deste mandato. Volto a referir o que disse há três anos: vou sempre governar com todos e para todos”.

Para Aires Pereira, as intervenções dos deputados e a aprovações expressivas do orçamento e do empréstimo de 8,2 milhões de euros mostram que, apesar de haver sempre lugar a melhorar em relação a alguns aspetos pontuais e de pormenor, a avaliação global ao nosso trabalho é muito positiva.

Ainda sobre as Grandes Opções do mandato deste Executivo, a Assembleia Municipal aprovou por unanimidade a decisão de manter a atual política fiscal favorável para o concelho, uma das mais baixas da região. Ou seja, IMI no valor mais baixo permitido por lei (a 0,3), redução do valor do IMI para famílias com um ou mais de dois dependentes, devolução de 1% do IRS e não cobrança da derrama. Quanto a tarifas, importa dar nota que foi ratificada a decisão do Executivo de assumir os aumentos das taxas de recursos hídricos, saneamento, água e resíduos. Ao cobrir um total de 161.000,00 €, a Câmara Municipal está a evitar que os poveiros paguem mais nas suas faturas em 2021, as quais se manterão inalteradas.

Outro aspeto de realce foi a forte aposta do executivo na educação, que ascende já ao valor total de 10 milhões de euros, e em relação ao qual o Presidente da Câmara anunciou que há indicação de abertura de próximos avisos para reforço de financiamento. Considerando a elevadíssima taxa de execução do Município (situada acima dos 87%) no que se refere ao Plano Operacional Norte 2020, o Município está em condições ideais para poder beneficiar disso, já que os investimentos se encontram em curso e com um bom nível de maturidade. Esses investimentos atualmente em curso são a ampliação e requalificação da Escola das Machuqueiras, da Escola da Giesteira e da Escola EB Dr. Flávio Gonçalves e a construção do Pavilhão Desportivo da Escola Secundária Eça de Queirós. Sendo que, ainda este ano, ficaram já concluídas as obras de ampliação e remodelação da Escola de Aver-o-Mar e a construção do novo Pavilhão Multiusos da Escola Nova.

Esta sessão contou com dois momentos de aclamação: a aprovação da moção, proposta pelo deputado Edgar Torrão, para que sejam concedidas honras de Panteão ao escritor poveiro Eça de Queirós e do voto de pesar proposto pelo Presidente da Assembleia Municipal, Professor Doutor Afonso Pinhão Ferreira, pelo falecimento de Eduardo Lourenço, pelos contributos dados à lusofonia.

Tópicos
Aviso: Procissão em Honra do Santíssimo Sacramento: alterações ao trânsito automóvel

No dia 10 de julho, vai-se realizar, em Amorim, a Procissão em Honra do Santíssimo Sacramento.

Neste sentido, e de modo a garantir as adequadas condições de segurança dos arruamentos, haverá algumas alterações ao trânsito automóvel na freguesia.

Saiba mais aqui.

Aviso: Obras no Estádio do Varzim: constrangimentos de trânsito

Informam-se os munícipes que, por questões de segurança, será cortada a circulação ao trânsito na Rua Dr. Armindo Graça, a partir das 10h00 do dia 6 de junho, devido ao inicio da empreitada de Desmantelamento da Cobertura da Bancada Norte do Estádio do Varzim Sport Club.

Saiba mais aqui.